Os 4 maiores medos que te impedem de ser um empresário de sucesso (e como vencê-los)

Avatar

Por Luiza Belloni Veronesi

19 de novembro de 2014 às 09:40 - Atualizado há 6 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

SÃO PAULO – É difícil encontrar pessoas que se consideram profissionais bem sucedidos. Sempre há queixas como “trabalho muito”, “não ganho o suficiente”, “não tenho tempo”, entre outras reclamações. 

Mas, na opinião do especialista em empreendedorismo e marketing digital, Alan Pakes, o sucesso não depende da situação, mas sim do próprio profissional. “A verdade é que o sucesso está acenando para você e cabe a você decidir se ele está dando tchau ou te chamando para perto.”

Essa regra não é diferente no mundo empreendedor. Gerir uma empresa está longe de ser uma tarefa fácil, mas cabe ao empresário acreditar na ideia, além de se arriscar e ter visão de futuro. O especialista listou 4 medos que mais afligem os empresários (e que podem por o negócio em risco se não forem combatidos):

1. Falta de dinheiro
Segundo Pakes, assim que o empresário percebe que não tem dinheiro suficiente para atender suas necessidades acaba recorrendo, geralmente, a três opções: c
ompra com o cartão de crédito sem planejamento (podendo gerar dívidas perigosas), pede dinheiro emprestado (as dívidas perigosas continuam sendo uma ameaça) ou se desesperam e lamentam. “Poucos são os que juntam dinheiro e menos ainda são os que correm atrás de uma nova forma de fazer dinheiro”, explica. “A boa notícia é que você pode, sim, começar negócios do zero, e a internet é uma das melhores ferramentas para realizar esse sonho.”

2. Falta de tempo
Novos projetos, como a criação de um produto, ou até mesmo algo simples como ir à academia, demandam tempo. Se você reclama de falta de tempo, seja para investir mais energia na sua empresa ou para poder criar um negócio, é bem provável que o motivo seja a má administração do tempo. 

 “A primeira coisa a fazer é estabelecer prioridades e identificar o que está fazendo você perder tempo”. Para isso, Pakes dá uma dica: veja como empreendedores de sucesso trabalham em equipe com o tempo deles. “Muitos acordam cedo, fazem exercícios, possuem horários específicos para atender chamadas. Isso tudo é feito por conta de uma priorização das atividades.”

3. Suas expectativas
Muitos empresários desistem nos primeiros anos de atividade por achar que suas expectativas não foram cumpridas. “Conheço empreendedores que investiram em um projeto, fracassaram, foram para outro projeto e conseguiram o sucesso”, disse o especialista. “Desistir é confirmar uma derrota, enquanto persistir é dar uma chance para o sucesso. Pode ser clichê, mas é a verdade.”

Para evitar que você tenha grandes frustrações e perca tempo, a dica é estabelecer metas de curto, médio e longo prazo. Através delas você conseguirá medir o desempenho de seu projeto e será capaz de fazer mudanças, caso perceba que há algo de errado com o andamento dele.

4. Equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal
Para Pakes, equilíbrio é a chave, mas muitas pessoas não trabalham esse ponto. Na busca de construir algo de valor para sua família, elas acabam trabalhando demais e esquecem que a presença pode ser tão ou mais importante do uma vida financeira confortável. “O tempo que você dá para a sua família não é algo bom só para eles, é ótimo para você também. Afundar a cabeça no trabalho pode causar estresse, seguido de falta de produtividade e criatividade”, lembra o executivo. 

Para que você tenha um tempo livre recorrente para a sua família e o lazer, não deixe de criar metas e definir prioridades. “Todos os itens citados neste artigo parecem óbvios, mas o óbvio nem sempre é levado em consideração e é por isso que você deve sempre se lembrar de que é preciso dominar estes obstáculos para começar um negócio do zero ou expandir ainda mais os seus negócios”, finaliza Pakes.