Mendigo cria startup de sucesso, ganha dinheiro e resolve continuar na rua

Da Redação

Por Da Redação

8 de abril de 2015 às 11:07 - Atualizado há 6 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – O que você espera que um morador de rua fizesse se ganhasse dinheiro? Sair dela, correto? Não foi isso que o mendigo Leo Grand, morador das ruas de Nova York resolveu fazer quando sua startup fez sucesso – e ele ganhou dinheiro. Leo optou por permanecer nas ruas, mostra o Business Insider.

A sua vida mudou quando seu sócio Patrick McConlogue – que passava todos os dias por Leo quando ia ao trabalho – lhe ofereceu duas alternativas: US$ 100 ou a possibilidade de aprender a programar. Leo resolveu aceitar a oferta de programação.

Apresente sua startup para milhares de investidores e mentores. Cadastre seu projeto gratuitamente no StartSe (www.startse.com.br) e mostre todo o seu potencial empreendedor.

McConlogue foi altamente ridicularizado pelos seus colegas, mas manteve as aulas e a amizade com Leo. E aí os dois resolveram construir um aplicativo juntos, de caronas em dezembro de 2013. E o aplicativo estourou, permitindo com que Leo ganhasse bastante dinheiro. Mas ele resolveu recusar (e nem fez uma conta em banco para recebê-lo).

O dinheiro foi parar na conta de McConlogue, que resolveu guardar para Leo, quando ele quisesse ganhar o dinheiro. “Ele tem um ano para encontrar uma forma, seja com uma conta no banco ou através de outra pessoa, de receber seu dinheiro da minha conta, cada centavo. Se ele não quiser, eu disse para ele escolher um abrigo de mendigos e nos vamos doar a quantia”, disse o programador.

Leo, porém, resolveu continuar nas ruas e mora próximo do sul da ilha de Manhattan. Leo porém, resolveu parar de programar e retirou o seu aplicativo do ar (já que ele não quer pagar por espaço). Ele agora aluga um depósito, mas usualmente é visto carregando uma carroça com seus pertences.

Quando perguntado o motivo dele ainda estar nas ruas, Leo é categórico na resposta: “a vida. Você sabe, a vida, você sabe. As coisas acontecem. Você tem que fazer isso, você tem que fazer aquilo. Você é atração em um minuto, no próximo você some”.