“Ninguém merece ser um bilionário, mas é útil”, diz Mark Zuckerberg

Zuckerbeg acredita que ninguém deveria possuir tanto dinheiro ao ponto de ser bilionário, mas que pode ser útil para investir em causas filantrópicas

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

7 de outubro de 2019 às 16:53 - Atualizado há 4 meses

Mark Zuckerberg, a 5ª pessoa mais rica do mundo, acumula uma fortuna de US$ 69,4 bilhões. Ele, no entanto, acredita que bilionários não deveriam existir. “Ninguém merece tanto dinheiro”, disse em uma reunião com funcionários.

A reunião foi realizada na última quinta-feira (3) e parte dela foi exibida em uma live. “Eu acredito que se você faz algo que é bom, você é recompensado, mas acredito que parte da riqueza que pode ser acumulada é irracional”, disse o fundador do Facebook, de acordo com a Bloomberg. Ele respondeu a uma pergunta de um funcionário, que desejava saber a opinião de Zuckerberg quanto à afirmação do político dos Estados Unidos Bernie Sanders sobre a não existência de bilionários.

Zuckerberg usa a “utilidade” de possuir tanto dinheiro na Iniciativa Chan Zuckerberg, uma instituição filantrópica fundada por ele e sua esposa, Priscilla Chan. Eles investem para que avanços científicos ajudem a erradicar doenças, em melhorias para o aprendizado de crianças e em uma reforma do sistema de justiça criminal. De acordo com o executivo, isso não poderia ser realizado através de dinheiro de governos.

“A sugestão de que isso deveria ser feito por instituições públicas, acho, privaria o mercado e o mundo de uma diversidade de tentativas diferentes que podem ser tomadas”, afirmou Zuckerberg, que é descrito como uma das pessoas mais poderosas do mundo.