Lembra do cara que estabeleceu que em sua startup o salário mínimo seria de US$ 70 mil? Ele ganhou um carrão de seus funcionários!

Avatar

Por Lucas Bicudo

15 de julho de 2016 às 14:36 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

No início de 2015, o CEO da Gravity Payments, uma startup americana, teve uma ideia de aumentar o salário mínimo de todos seus funcionários para US$ 70 mil anuais, anúncio gerou entusiasmo instantâneo de todos.

Algumas semanas depois da mudança, o que ainda era para ser happy hour, se tornou um problemão. Algumas pessoas começaram a demonstrar insatisfação com a política e dois dos funcionários “mais valiosos” da empresa pediram demissão. Isso porque eles acharam injusto o fato de novos funcionários terem seu salário dobrado, enquanto pessoas que estavam construindo uma carreira há bastante tempo tiveram aumentos menores.

Só que o jogou virou de novo. A medida mostrou a receita crescendo em um ritmo duas vezes mais rápido do que antes da decisão, de acordo com um relatório da Inc. e uma taxa de retenção maior. Muitas pessoas de fora começaram a querer trabalhar na Gravity e alguns são bastante proeminentes: um dos novos funcionários é ex-executivo do Yahoo, que passou a ganhar entre 80% e 85% a menos na mudança de emprego.

E esse não foi o fim para Price, que ainda teve de lidar com um processo judicial de seu irmão, co-fundador e acionista minoritário, que disse que antes de desistir de seu salário e ações, o CEO se presenteou com uma “compensação excessiva”.

E agora a mais nova novidade, que talvez signifique o desfecho dessa história. Na última semana, Dan ganhou o processo, de acordo com o Geekwire, e ainda por cima recebeu um presentão de seus funcionários: um belíssimo Tesla.

Quaisquer que tenham sido seus motivos, a atitude realmente inspirou todos aqueles que compunham sua equipe. Dan postou uma foto da nave em seu Facebook, com os dizeres:

“Funcionários da Gravity fizeram uma vaquinha e guardaram ao longo dos últimos seis meses dinheiro suficiente para me comprar esse carro dos sonhos. Um novíssimo e belo #Tesla azul. Ainda em choque. Por onde que eu começo a agradecer?”.

O modelo base da Tesla está avaliado em US$ 70 mil.