Jovem fatura US$ 100 mil e paga faculdade vendendo peças de artesanato

Avatar

Por Juliana Américo

3 de julho de 2015 às 14:51 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – Nos últimos dias, diversos memes de brincadeiras com pessoas que trabalham e estudam áreas de humanas viralizaram na internet. Um deles, talvez o mais famoso, é de uma jovem que fala que o seu sonho é ir para a praia viver da sua arte, ou seja, artesanato.

Brincadeiras a parte, uma jovem norte-americana encontrou no artesanato uma forma de pagar a faculdade e ainda faturar US$ 100 mil com as vendas. A estudante LeiLei Secor, 19 anos, conseguiu uma bolsa de estudos na Universidade de Virginia. Porém, mesmo assim, ela precisaria arcar com uma despesa de US$ 40 mil por ano.

Cadastre sua startup no StartSe e fale com milhares de investidores e mentores. Mais de 2,9 mil startups já estão com a gente! Acesse www.startse.com.br. É gratuito!

A opção que ela escolheu para conseguir o dinheiro foi vender peças de artesanato na internet. Ela criou o canal Designed by Lei, no site Etsy, e em três anos conseguiu mais de US$ 100 mil em bijuterias que ela mesma faz. As peças custam, em média, US$ 10 e hoje ela já tem o seu próprio site.

“No verão de 2012, eu decidi transformar um dos meus passatempos favoritos em um negócio. Em 27 de julho, abri minha loja no Etsy para as joias artesanais. Designed by Lei fez com que eu me apaixonasse pela arte da joalheria e pelo espírito empreendedor”, conta a empreendedora.

Graças aos seus brincos, anéis, colares e pingentes, ela recebeu, no nano passado, o prêmio de Jovem Empreendedora do Ano, da Federação Nacional de Negócios Independentes.

Em entrevista para a revista Entrepreneur, LeiLei listou algumas dicas de como conseguir dinheiro vendendo produtos pela internet. Confira:

1- Não tenha medo de mudar
Quando criou o seu canal de vendas, a joivem estava tentando vender um tipo de pulseira que não estava fazendo sucesso. Diante disso, ela não pensou duas vezes: mudou o estilo das suas joias.

2- Encontre o melhor canal de divulgação
É necessário ter conhecimento de marketing em mídias sociais. Apesar de o Facebook e o Twitter serem as maiores redes sociais, elas não são as únicas, nem as melhores, opções. Secor conta que ela conseguiu destaque pelo Wanelo, uma plataforma de comunidade para os compradores, e pelo Tumblr.

3- A diferença está nos detalhes
joias artesanais é uma indústria saturada, ainda mais quando se trata de e-commerce. Logo, para se destacar, é importante dar importância para os pequenos detalhes do seu produto. “Uma grande quantidade de joias parece similar, mas a forma como é comercializado e fotografado é que faz a diferença”, explica.

4- Use os recursos que você tem e aprenda outros
Há três anos, LeiLei tinha acabado de conseguir um diploma no ensino médio e não entendia nada de negócios. Mas ela tinha acesso a internet e usou isso a seu favor. “Uma das coisas mais importantes é a capacidade de ser criativo”, afirma. “Meus pais não têm experiência em negócios, então eu tive que passar horas e horas pesquisando sobre o assunto.”

5- Use seu tempo com sabedoria
Além de assistir as aulas da faculdade e fazer as joias, a jovem ainda consegue tempo para descansar, ficar com seus amigos e trabalhar em um estagio de verão. O segredo é saber usar o seu  tempo da melhor forma possível. “Ao invés de percorrer Facebook sem rumo, eu vou fazer upload de fotos das joias para o Instagram”, explica.