Grande banco fica de olho em revolução e passa a comprar aplicativos

Avatar

Por Lucas Bicudo

8 de março de 2016 às 14:54 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O BBVA apostou em uma nova aquisição e agora desempenhará um papel maior na fomentação da próxima geração de serviços de finanças. A companhia hoje anunciou a compra do Holvi, um banco online para empreendedores e SMBs.

A startup foi fundada em 2011 e já levantou mais de US$ 4 milhões de investidores, como Seedcamp e Speedinvest. Quem traz as informações é o site TechCrunch.

Para aqueles que ainda não estão familiarizados com o conceito de online-banking, o Holvi é uma das startups que começa a ditar a tendência de um novo sistema de serviços financeiros. Esse novo modelo de banco permite que empresários controlem suas próprias operações financeiras em seu próprio banco online. Possui produtos como plataforma de vendas online, plataforma de faturação e rastreador de fluxo de caixa.

Não foram divulgados quantos clientes o Holvi atende atualmente. O BBVA diz que a empresa seguirá seus negócios de maneira independente, com suas operações rolando na Finlândia, sua terra natal, Áustria e Alemanha, além de planos para expansão em outras regiões da Europa.

O gigante espanhol está procurando empresas como o Holvi para expandir seus negócios e manter-se a par de alternativas para fluxo de receitas, além de construir, alinhado às tendências do futuro, o novo modelo de banking. Por um outro lado, dará a empresa finlandesa mais escala e músculo financeiro para expandir suas operações em diferentes mercados.

“O BBVA é o proprietário ideal – um banco que entende o mundo digital e nos dá todo o espaço necessário para crescer, além de nos munir com toda a experiência para se evoluir com bases sólidas de trabalho” disse Johan Lorenzen, CEO do Holvi.

De uma maneira ou de outra, essa é uma boa notícia sobre uma possível e eventual onda de novas estratégias e parcerias no mundo financeiro. Um já consolidado e gigante banco espanhol dando abertura para uma startup finlandesa na mesa de negócios, ditando um novo rumo de como as pessoas manejam seu dinheiro no futuro.

Assista também: