Gestão de negócios e inovação: 7 exemplos de como isso foi aplicado

João Gobira

Por João Gobira

17 de março de 2020 às 12:39 - Atualizado há 8 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Uma gestão inovadora pode ser o primeiro passo para um crescimento fantástico.

A gestão de negócios é determinante para o sucesso de qualquer empresa. É ela quem dita o que acontecerá com a companhia a curto, médio e longo prazo, seja um crescimento fantástico, uma estagnação longe de ser desejada ou, pior ainda, uma queda nos resultados.

Mesmo sendo algo que por vezes fica nos bastidores, já que as estratégias de gestão nem sempre são divulgadas, até para evitar que a informação possa empoderar as pessoas e empresas erradas, é inegável a participação da gestão em empresas de todos os portes e segmentos.

Quer aprender as melhores estratégias para vender mais pela internet? Então confira a imersão do curso APRENDA A VENDER PELA INTERNET E EXPANDA SEU POTENCIAL!

Aprenda a vender pela internet

Uma estatística interessante sobre o assunto aparece em um infográfico da ClearCompany, que diz que apenas 14% das empresas têm trabalhadores que entendem a estratégia, as metas e a direção definidas pela própria companhia, indicador bem abaixo do ideal.

Consequentemente, isso pode indicar que a gestão organizacional não está sendo bem feita. De acordo com o relatório “State of the American Manager – Analytics and Advice for Leaders”, um a cada dois profissionais deixaram seu trabalho para se livrar dos gerentes em algum ponto de sua carreira.

A questão também pode estar relacionada a quem são esses gestores e como se comportam. O mesmo relatório mostra que apenas 35% dos gestores estão engajados com o trabalho e que os que não estão engajados (ou ativamente desengajados) custam de US$ 319 bilhões a US$ 398 bilhões anualmente!

Tais números servem para mostrar a importância que uma gestão participativa e engajada tem para qualquer negócio, seja qual for seu porte ou segmento, e quando isso é feito de uma maneira inovadora e alinhada com as demandas e desejos da sociedade atual, os resultados tendem a ser ainda melhores.

Para comprovar como isso é verdade, vamos conhecer algumas empresas que se deram muito bem com a aplicação de técnicas e práticas de gestão modernas e inovadoras, o que provavelmente criará ou aguçará o desejo de seguir o mesmo caminho na sua empresa. Confira!

7 empresas que adotaram uma gestão de negócios inovadora e estão colhendo os frutos

Experiência de Hawthorne (1927-1932)

O assunto é tão importante que o Boston Consulting Group (BCG) elabora uma lista anual com as empresas que mais se destacaram em termos de inovação. Em 2019, as primeiras posições foram ocupadas pelas seguintes:

1 – Alphabet/Google

Google

Google

Quando se pensa em uma gestão de negócios inovadora, é difícil não lembrar da Alphabet, holding e conglomerado dono de várias empresas, entre elas o Google, buscador mais utilizado de todo o mundo. Porém, essa é a primeira vez depois de 13 anos que a empresa ocupa o topo da lista, que até então estava com a Apple.

Para o CEO da Alphabet, Sundar Pichai, a inteligência artificial é uma prioridade da empresa, o que fica claro por todos os produtos e serviços que ela oferece, da eficiência do Google à plataforma do Android para dispositivos móveis e a outras iniciativas, como a Waymo, para carros autônomos.

A IA se manifesta até mesmo em apps nem sempre associados ao tema, como é o caso do Gmail. Hoje em dia, seu recurso de composição inteligente permite que a inteligência artificial e o aprendizado de máquinas do Google induzam o que o usuário quer dizer, o qual pode completar as frases automaticamente.

A velocidade com que isso acontece é tão grande que, às vezes, o usuário ainda nem pensou o que colocará em sequência. Embora demande atenção para que o contexto dos e-mails seja exatamente o desejado, sua eficiência é inegável.

Há que se ressaltar que os processos de gestão integrada do Google, que respira inovação. Seu algoritmo, por exemplo, é atualizado praticamente todos os dias, o que só pode ser feito quando existe o apoio de uma equipe especializada e dedicada para tal.

Veja também: As ferramentas com inteligência artificial que podem te ajudar no dia a dia

2 – Amazon

Amazon

Por sua área de atuação, a Amazon poderia não estar entre as primeiras opções no que tange à gestão inovadora. Porém, a empresa decidiu ser muito mais que uma loja virtual e, hoje, ocupa um lugar de imenso destaque a nível mundial.

A começar pelo próprio e-commerce, a empresa de Jeff Bezos tem na inteligência artificial um dos pilares de seu funcionamento, até o ponto de investir US$ 10 milhões para tornar a IA imparcial e transparente.

A companhia, por exemplo, analisa os produtos que foram adquiridos (ou apenas visualizados) pelos clientes para oferecer anúncios com maior probabilidade de atingir seu objetivo, o que ajuda a explicar porque é a marca mais valiosa do mundo, de acordo com o ranking anual BrandZTM.

Quer aprender as melhores estratégias para vender mais pela internet? Então confira a imersão do curso APRENDA A VENDER PELA INTERNET E EXPANDA SEU POTENCIAL!

Aprenda a vender pela internet

Além disso, não podemos deixar de falar sobre a Alexa, assistente pessoal que se destaca perante a concorrência por sua compatibilidade com dispositivos inteligentes de todos os tipos, de lâmpadas a termostatos.

Os serviços de computação em nuvem da Amazon Web Services, que oferecem poder computacional, entrega de conteúdo e armazenamento em banco de dados, entre outras alternativas, também é uma mostra de que a gestão de negócios da empresa fez com que ela atingisse outras áreas com excelência.

3 – Apple

Apple

Apple

A empresa que teve Steve Jobs, um dos homens mais criativos e inovadores dos últimos anos, como um de seus co-fundadores também merece uma posição de destaque na lista do BCG.

Entre tantas inovações com as quais a empresa está relacionada, uma das principais e que ajudou a colocá-la na posição em que está hoje foi a popularização das assistentes virtuais, tendo em vista que a Siri foi a primeira a estar disponível em um smartphone, desde o iPhone 4S, em outubro de 2011.

Outro ponto importante a se comentar é que a empresa ofereceu um espaço virtual de trabalho aos desenvolvedores de aplicativos para iOS, o que foi um grande marco para o mercado de aplicativos móveis – avaliado em US$ 106,27 bilhões em 2018 e estimado a atingir US$ 407,31 bilhões em 2026.

Quer aprender as melhores estratégias para vender mais pela internet? Então confira a imersão do curso APRENDA A VENDER PELA INTERNET E EXPANDA SEU POTENCIAL!

Aprenda a vender pela internet

A gestão de negócios inovadora da Apple, inclusive, vem desde o berço da empresa, fundada por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne, sendo que os dois primeiros se consolidaram como figuras bastante conhecidas nos cenários de inovação, tecnologia e criatividade.

4 – Microsoft

Microsoft

Microsoft

Se hoje temos tantos exemplos de gestão de negócios inovadora, muito se deve à Microsoft, que popularizou os sistemas operacionais de computadores e permitiu que pudéssemos ter ótimas opções hoje, sem as quais é até difícil de imaginar o mundo contemporâneo.

A gestão integrada da Microsoft também buscou não ficar apenas em seu produto que trouxe resultados tão positivos e fez com que ela avançasse para outras áreas, ainda dentro da tecnologia computacional, mas em diferentes vertentes, do Xbox à Azure, plataforma para execução de aplicativos e serviços.

A OpenAI, instituição de pesquisa em inteligência artificial, recebeu um aporte de US$ 1 bilhão da Microsoft, a qual passou a ser sua parceira na venda e hospedagem das tecnologias desenvolvidas, o que se mostra como um passo importante rumo ao crescimento da AI a nível global.

5 – Samsung

Samsung

Samsung

Quando se fala sobre a Samsung, é quase que imediato se lembrar dos celulares, tablets e notebooks, produtos que estão entre os carros-chefe da empresa, especialmente nos smartphones, mas ela vai muito além disso, de equipamentos de ar condicionado e lavadoras de roupas a helicópteros e até tanques de guerra.

Faz parte de uma gestão de negócios inovadora diversificar o que é oferecido ao público, e podemos dizer que a Samsung é uma das mais versáteis da lista, já que atua em diferentes ramos e até é dona, parcialmente, de outras empresas, ou seja, seu portfólio de atuação é enorme.

Ainda em relação às inovações, algumas notícias recentes mostram que a empresa sul-coreana está atenta às movimentações do mercado, como os NEONs, seus “robôs humanos”, e a aquisição da provedora de serviços de rede TeleWorld Solutions, o que ajudará na expansão do 5G nos Estados Unidos.

Na área de smartphones, que é a sua principal, a Samsung vem liderando com uma boa margem desde o terceiro quadrimestre de 2011 até o terceiro quadrimestre de 2019, de acordo com dados disponíveis no portal Statista.

6 – Netflix

Netflix

Netflix

Uma lista de gestão de negócios inovadores que não tenha a Netflix seria até surpreendente, mas é provável que você se surpreenda com a origem desta empresa, caso não saiba, o que é uma prova definitiva de inovação.

Ela surgiu de uma ideia de Reed Hastings, CEO da Netflix, quando foi cobrado por uma taxa de devolução tardia de um DVD alugado na Blockbuster. Incomodado com o ocorrido, ele se inspirou a criar um serviço que não contempla multas por atraso, ou seja, a empresa começou como uma locadora de DVDs!

Hoje, é difícil imaginar o mundo sem a praticidade do Netflix para assistir a conteúdos por streaming em tempo real, o que também inspirou o surgimento de outros serviços similares, como Amazon Prime Video, HBO Go, Disney+, Globoplay e afins. Definitivamente, uma revolução no mercado.

Ah, hoje a Blockbuster só tem uma loja aberta, que fica em Bend, Oregon, a qual serve como um museu, o que não deixa de ser cômico, já que não se adaptou à realidade da internet que está intrínseca na sociedade contemporânea.

7 – IBM

IBM

IBM

Para fechar a lista das empresas mais inovadoras de 2019 (e que devem ocupar posições de destaque por longos anos), temos a IBM, que também está aqui por sua capacidade de se reinventar ao longo dos anos.

Em seu início, a empresa tinha como forte a fabricação de computadores de grande porte, os chamados mainframes. Depois, ela passou a fabricar computadores tradicionais. Hoje, ela oferece plataformas de serviços na nuvem, tecnologias de inteligência artificial e ecossistemas.

Sua gestão organizacional inovadora, que faz parte da história da computação global, estará presente de maneira direta no Brasil, já que a IBM terá um centro de pesquisa em inteligência artificial na Universidade de São Paulo.

Gestão de negócios inovadora: um grande objetivo para sua empresa

Liderança e gestão (1954)

Ficar parado é algo que deve passar longe de qualquer empresa que queira crescer e se desenvolver no cenário atual. Afinal de contas, até mesmo empresas gigantes morreram nos últimos anos por não inovar, como Blockbuster, Kodak, MySpace e Atari.

O contraponto também existe: outras empresas gigantes quase morreram e conseguiram se reerguer, como BMW, Marvel, Lego, Nokia, Nintendo e a própria Apple, que hoje é exemplo de inovação.

Não são apenas os grandes players, porém, que podem percorrer este caminho. Afinal de contas, quando a gestão organizacional é feita com excelência, a tendência é de que as companhias cresçam substancialmente no mercado, mesmo com tanta concorrência, o que já aconteceu com o Nubank, por exemplo.

É importante ressaltar que todas as empresas citadas inovaram nos produtos e serviços porque também adotam uma cultura inovadora em sua gestão, a qual vem de dentro para fora. Caso contrário, elas não conseguiriam chegar onde estão hoje.

A gestão de negócios está bem longe de ser uma tarefa fácil, mas felizmente há exemplos positivos a se seguir e negativos a se evitar. Cabe aos gestores escolherem o caminho que desejam trilhar para que, a curto, médio ou longo prazo, possam colher os frutos, preferencialmente inovadores, de sua decisão.