Garoto brasileiro de 14 anos ganha R$ 100 mil com Startup (e já planeja a 2ª)

Da Redação

Por Da Redação

25 de março de 2015 às 11:37 - Atualizado há 6 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – Pipocam várias histórias de jovens americanos ou europeus que abriram suas empresas antes mesmo da puberdade. Por aqui, dado o ambiente empresarial, esse tipo de história é muito mais rara – e por isso ainda mais significativa quando acontece. É o caso de Davi Braga, um empresário de Maceió que com 14 anos já faturou mais de R$ 100 mil em um único mês na sua cidade natal.

Davi começou a “empreender oficialmente” aos 10 anos de idade, muito embora antes disso ele brincava vendendo e montando coisas para os amigos, organizando festas e até mesmo bolinhas de chiclete importado (junto com a irmã), ao criar a startup List-It. A ideia é bem simples: você cria uma lista de material escolar e o sistema busca com parceiros os preços mais baratos.

O StartSe tem uma informação importante pra você: mais de 90% das startups que conseguiram investimento e chegaram ao sucesso têm características em comum. Descubra e aprenda, clicando aqui!

Você compra e a start-up leva 10% do valor da lista, uma bela de uma margem. Muito embora ela ainda esteja limitada à Maceió, a List-It deverá abranger o Brasil todo e aceitar outros tipos de lista. Afinal, material escolar é um produto muito sazonal – e a grande procura por livros e cadernos em janeiro não se repete nos meses seguintes, o que faria com que o faturamento caísse consequentemente.

Com isso, virou um empresário-modelo no Brasil, passando até a dar palestras. Nelas, Davi conta sua origem, afirma que seus pais (também empresários) nunca lhe deram mesada, obrigando-o a “se virar sozinho”. E também mostra o quanto gosta de empreender. “Eu consigo fazer tudo com equilíbrio: estudar, brincar e empreender. E empreender é como brincar, é diversão”, afirma.

Ele tem orgulho em dizer que criou tudo sozinho. E agora planeja a sua segunda Startup, lançada oficialmente no Startup Weekend de Varginha. O Easy Packing será um aplicativo para ajudar a fazer malas – e Davi espera que ele seja tão bem sucedido quanto o List-IT.

Enquanto isso, ele continuará a dar palestras e “espalhar a mensagem” de que empreendedorismo não precisa de idade e não é nenhum bicho de sete-cabeças. Mas claro que é difícil equiparar o feito: afinal, Davi, um menino de 14 anos, conseguiu faturar R$ 100 mil em um ambiente empreendedor difícil, em uma época de baixo crescimento econômico e em uma das regiões mais pobres do Brasil. Algo de especial ele possui.