Garota de 11 anos apresenta rede social inovadora em competição de tecnologia

O site indica qual "pai" deve realizar tal atividade e também rastreia o quanto a pessoa está em dia com os acordos de custódia compartilhada

Avatar

Por Júlia Miozzo

23 de setembro de 2015 às 09:38 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Alex Jordan, de apenas 11 anos, convivia com um problema: seus pais moravam em casas separadas e, por conta disso, era difícil acompanhar a agenda de todos – quem buscaria as crianças no colégio, em que casa ficariam no final de semana, etc. Foi pensando nisso que ela criou a Famtastic, uma rede social privada para famílias e um “organizador familiar” – e levou a ideia para a competição Tech Crunch Hackathon.

Junto com seu pai, eles construíram o site em um final de semana e o colocaram no ar. Atualmente, o site permite que o usuário crie um perfil ao conectar sua conta do Facebook, e então eles podem colorir cada atividade e evento de acordo com quem é o responsável. O site indica qual “pai” deve realizar tal atividade e também rastreia o quanto a pessoa está em dia com os acordos de custódia compartilhada.

A ideia, segundo o pai de Alex, é oferecer uma alternativa menos desgastante do que usar um calendário compartilhado – o que pode dificultar as coordenadas de agenda e acaba dificultando os esquemas. Além dos eventuais problemas de relacionamento entre pais separados que não mais conseguem se entender. 

Alex já possui interesse em tecnologia e já inclusive consegue criar alguns códigos por conta própria. Nesse ano, inclusive, ela está tentando criar um clube de tecnologia apenas para garota em seu colégio, nos Estados Unidos. A meta do clube seria unir garotas mais novas que possuem interesse em tecnologia.