Freiras empreendedoras faturam quase R$ 200 mil plantando maconha

Da Redação

Por Da Redação

31 de março de 2016 às 10:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você pode pensar que já viu de tudo nessa vida, mas tenho certeza que essa notícia vai surpreendê-lo.

Um grupo de freiras empreendedora, moradoras da cidade de Merced, na Califórnia, decidiu plantar maconha para produzir medicamentos e derivados medicinais da planta.

As freiras, que não pertencem à Igreja Católica, fazem parte de um grupo chamado Irmãs do Vale. Elas produzem medicamentos e derivados da maconha no convento onde moram. Tudo com autorização do governo americano.

Mas as curiosidades não param por aí. O plantio da maconha no convento das Irmãs do Vale segue os ciclos da lua e os medicamentos são indicados para dores nas costas, enxaquecas e, acredite, até ressaca!

As freiras empreendedoras faturam, em média, quase R$ 200 mil por mês com a venda dos produtos pela internet.