Flowmakers chega em sua 4ª edição com a proposta de empoderar jovens no mundo das startups

Avatar

Por Lucas Bicudo

19 de Maio de 2016 às 18:40 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A quarta edição do Flowmakers, incubadora de talentos com foco em empresas consideradas vanguardistas em seus segmentos, está com inscrições abertas até o próximo dia 5 de junho. O principal objetivo do programa é despertar o espirito empreendedor e empoderar jovens no contexto de mudança social e econômica do atual cenário nacional.

Os participantes realizam atividades práticas dentro de empresas durante ciclos de aceleração e atendem a encontros semanais que proporcionam contato e discussão com temas pertinentes ao universo empreendedor, como “Design Thinking, Lean Startup” e “Comunicação Não Violenta”.

“Na startup são muitos desafios enfrentados todos os dias e ser maker nesse cenário é imprescindível. Os encontros práticos sobre empreendedorismo e ferramentas de gestão de criação me ajudaram muito a olhar os problemas de uma maneira diferente e a chegar em soluções mais criativas e inovadoras”,  declara Camila Agostinho, ex-maker e hoje uma das pessoas à frente do Worldpackers.

O próximo ciclo terá inicio em agosto e podem se inscrever pessoas entre 18 e 35 anos, que tenham disponibilidade para a realização das atividades na cidade de São Paulo. A seleção não exige pré-requisitos formais e cada participante é colocado em sua respectiva startup por meio de um criterioso processo de matchmaking.

Para o fundador do Catarse, Diego Reeberg, que foi parceiro do segundo ciclo de aceleração do Flowmakers, os principais retornos do projeto são o filtro de talentos e a formação integrada.

“Um processo seletivo com muita gente é algo custoso e difícil. Outro ponto interessante é a formação holística, principalmente pela troca de informações sobre o seu trabalho com os pares”, finaliza.

Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]