Empreendedores: melhor começar com reputação ou com uma ideia?

Avatar

Por Isabella Câmara

16 de Maio de 2018 às 16:21 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Muitos empreendedores acreditam que, se tiverem uma ideia brilhante, alcançarão o sucesso. Se um empreendedor resolve uma dor por um preço que seu público-alvo pode pagar, talvez ele não precise se preocupar com sua reputação. Se ele começar um negócio baseado na sua reputação, a ideia também tem grandes chances de sucesso, mesmo que ela não seja a mais brilhante.

Mas qual é a melhor abordagem? Construir uma reputação antes de iniciar um negócio ou trabalhar na elaboração da ideia perfeita e deixar a reputação se construir sozinha?

Ideia X Reputação

Todo mundo já deve conhecer a história empreendedora do Zuckerberg. No começo, o Facebook era um projeto paralelo que começou em um dormitório da faculdade – a ideia era diferente, mas ninguém esperava que chegaria a mais de 2 bilhões de usuários. Zuckerberg era um universitário com uma ideia forte e sem reputação; ele não havia administrado nenhuma empresa anteriormente e certamente não tinha muita reputação no meio empresarial. Apesar da “falta de experiência” do seu fundador, o Facebook atraiu de milhões de dólares de venture capital e se tornou o gigante que é hoje.

Outro grande exemplo é o Henry Ford. O empreendedor não tinha nenhuma reputação quando fundou a Ford Motor Company, e nem sequer tinha economias. Na verdade, quando ele começou sua primeira empresa, seus parceiros ficaram frustrados com ele porque o mesmo estava sempre tentando melhorar seu projeto, ao invés de colocar a ideia no mercado.

Quando falamos em reputação, um grande nome vem à tona. Você provavelmente conhece Elon Musk, até melhor do que algumas de suas empresas. O empreendedor, que é cofundador da Boring, Tesla e SpaceX, começou no mundo de startups com a Zip2. A ideia era claramente boa, mas foi a reputação de Musk como inovador e futurista que ajudou suas empresas a se tornarem o que são hoje.

Boas ideais também falham

Não é difícil encontrar startups com ideias revolucionárias, mas que fracassaram. O AskHeever, um mecanismo de busca criado muito antes do Google, e um site chamado SixDegrees, que surgiu como o primeiro protótipo da plataforma de mídia, são exemplos claros disso.

Mas porque boas ideias falham? Não há uma regra para determinar o que foi feito de errado – empresas falham por diversas razões. Algumas não se tornam bem-sucedidas devido à má administração ou até mesmo porque não conseguiram engajar o cliente a tempo. Em qualquer caso, esses problemas são evidências de que uma boa ideia não é o suficiente para ter sucesso.

Reputação pode ser melhor do que uma ideia

De acordo com uma pesquisa da Fundação Kauffman, a reputação pode ser melhor do que a própria ideia de construir um negócio. Mais de 73% dos empreendedores do estudo consideram as redes profissionais essenciais para seu sucesso e identificam que filhos de empreendedores são mais propensos a se tornarem empreendedores. Os dados também revelam que as pessoas que nascem em comunidades empreendedoras, ou aquelas que estão mais engajadas nessas comunidades, têm uma chance maior de sucesso do que outras pessoas.

Mas afinal, qual é a melhor abordagem?

Certamente, é possível que uma startup com uma ideia fantástica seja bem-sucedida, mesmo que seu fundador não tenha muita reputação. Ao mesmo tempo, pode existir uma fração de empreendedores com uma reputação estabelecida que não tenham sucesso com a sua startup – ao menos que tenham uma boa ideia. Mas uma coisa é certa: muitos fundadores com uma reputação pré-estabelecida têm acesso a uma série de recursos que outros não teriam, bem como um público maior e outros fatores que permitem que eles encontrem mais sucesso com suas ideias.

Tanto a reputação quanto a ideia são importantes se um empreendedor deseja maximizar suas chances de sucesso. O ideal é trabalhar na construção de sua reputação dentro da indústria que o mesmo deseja se inserir, enquanto aperfeiçoa a ideia.

Quer receber conteúdos semanais sobre empreendedorismo? Assine nossa newsletter: