Empreendedor cria luva capaz de controlar tremores causados pelo Parkinson

Avatar

Por Júnior Borneli

22 de janeiro de 2016 às 10:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O estudante de medicina Faii Ong, do Imperial College de Londres, participou de uma equipe que cuidada de pacientes portadores da doença de Parkinson e se sensibilizou com a situação das pessoas. Com o objetivo de amenizar os problemas causados pelos tremores, decidiu criar uma luva que pudesse amenizar ou solucionar o problema.

Depois de experimentar vários projetos, o estudante criou uma startup junto com colegas e conseguiu financiamento para montar os primeiros protótipos do aparelho. Depois de testar várias soluções utilizando elásticos, imãs e molas, a melhor alternativa foi utilizar giroscópios, que a partir do princípio físico de conservação de momento angular consegue estabilizar os tremores.

A startup criada por eles – GyroGear – produziu as primeiras unidades da luva e obteve um sucesso considerável. Os tremores dos pacientes testados foram reduzidos em 80%, possibilitando que as pessoas pudessem voltar a escrever e usar talheres, por exemplo.

Apesar dos bons resultados, o produto ainda não tem data definida para entrar definitivamente no mercado. A empresa busca ainda resolver alguns problemas pontuais antes de colocá-la em produção. O valor estimado para a venda da luva é estimado entre US$ 550 e US$ 850 dólares.