Como desenvolver autoconfiança para falar em público

Avatar

Por Escola Conquer

27 de julho de 2017 às 18:44 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A autoconfiança é o estado de sentir-se corajoso, seguro, como se naturalmente fôssemos capazes de superar qualquer desafio.

Isso quer dizer que a autoconfiança está diretamente atrelada a nossas realizações – pessoais e profissionais.

Esse sentimento é tão contagiante que nos estimula positivamente em vários momentos, inclusive, no momento de falar em público, pois faz com que o sentimento de medo e insegurança sejam substituídos por uma sensação fantástica de empoderamento!

Deixe-me explicar melhor:

Quando você se sente autoconfiante transmite isso através da comunicação não verbal: postura corporal e tom de voz seguros, gestos firmes e expressão facial autêntica. Ou seja, naturalmente você se tornar um comunicador melhor.

Tanto é verdade, que estudos comprovam que esta característica possui influência direta no nosso desempenho profissional.

No livro “O Poder da Presença”, a psicóloga Amy Cuddy, pesquisadora e professora da Harvard Business School, mostra que o entusiasmo com autoconfiança é um indicador muito útil de sucesso.

Amy cita que em estudos feitos com empresários, a qualidade da autoconfiança indica garra, disposição para trabalhar duro, iniciativa, persistência em face de obstáculos, atividade mental aprimorada, criatividade e capacidade de identificar boas oportunidades e ideias inovadoras[1].

No entanto, o contrário também é verdadeiro. Uma pessoa com um baixo índice de autoconfiança tende a se sentir muito mais ansiosa durante situações de estresse ou em ambientes de pressão, o que atrapalha o seu desempenho.

Momentos como o de falar em público são campeões em provocar medo e prejudicar a autoconfiança de quem está na frente do público.

Em situações como essa, há o aumento do nível de adrenalina e cortisol (hormônios ligados ao estresse). Por esse motivo é que, antes de entrarmos no palco, ficamos com o batimento cardíaco acelerado, os nossos músculos se contraem e a voz soa trêmula. Ficamos em um estado completamente de alerta.

Parece bobagem? Mas não é!

Por isso, é fundamental desenvolver a autoconfiança para performar melhor nesses momentos.

Você não irá somente projetar um estado mental positivo, mas também será capaz de conquistar o palco e o seu público – e diversas outras coisas, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Ter autoconfiança permite que você, corajosamente, atinja as suas metas e os seus sonhos. Este estado fará com que o que parecia impossível se torne possível e real. Por isso, prepara-se para se tornar um comunicador autoconfiante.

Todos, principalmente você, sairão ganhando.

Se você deseja se comunicar melhor e desenvolver sua autoconfiança para conquistar objetivos pessoais e profissionais, inscreva-se para o curso de Oratória da Conquer – disponível em Curitiba e São Paulo.

DICA PRÁTICA

Existem maneiras diferentes de aumentar a autoconfiança para falar em público e aqui vai algumas delas:

  1. Autoconhecimento: Conheça os seus pontos fracos, mas principalmente saiba quais são os seus pontos fortes e foque neles!
  2. Positividade: A famosa “psicologia positiva” cai como luva. A autoconfiança tem tudo a ver com um pensamento positivo. Focar em afirmações e frases de incentivo a si mesmo, ao nos motivar, nos tornamos capazes de resultados incríveis.
  3. Apresentação Pessoal: Cuide do seu visual. Lembre-se que a comunicação não está apenas no que falamos, mas também na imagem que passamos.
  4. Linguagem Corporal: A nossa postura modela o nosso comportamento. Ao se apresentar em público mantenha uma postura corporal com confiança (imponente), procure sorrir e demonstrar naturalidade, busque um tom de voz e ritmo adequados.

[1] O Poder da Presença. Amy Cuddy ao falar sobre a pesquisa sobre resultados da paixão empreendedora. The nature and experience of entrepreneurial passion. Academy of Management Review, 34, pp. 511-532.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]