Bill Gates ultrapassa Jeff Bezos e retoma posto de homem mais rico do mundo

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

19 de novembro de 2019 às 10:27 - Atualizado há 10 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Bill Gates, o fundador da Microsoft, foi o homem mais rico do mundo de 1999 até 2018, quando foi ultrapassado por Jeff Bezos. A disputa foi acirrada, mas Bezos havia consagrado seu lugar no topo do pódio – até agora. Gates o superou nesta sexta-feira (15), de acordo com a Bloomberg.

Segundo o veículo, a fortuna de Bill Gates está avaliada em US$ 110 bilhões, em comparação aos US$ 108,7 bilhões de Bezos. O capital dos fundadores da Microsoft e Amazon é diretamente afetado pela atuação de suas empresas. No caso da Microsoft, as ações têm subido devido a um acordo de US$ 10 bilhões que a empresa fechou com o Pentágono – o mesmo disputado com a Amazon. A iniciativa teve, é claro, um impacto nas ações da varejista.

A vida pessoal de Bezos também contribuiu para este resultado. O empreendedor renunciou a 25% das suas ações da Amazon após se divorciar de Mackenzie Bezos. Após o divórcio, ele também vendeu quase US$ 2 bilhões em ações da companhia, mas havia permanecido no posto de homem mais rico do mundo.