Bill Gates ultrapassa Jeff Bezos e retoma posto de homem mais rico do mundo

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

19 de novembro de 2019 às 10:27 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Bill Gates, o fundador da Microsoft, foi o homem mais rico do mundo de 1999 até 2018, quando foi ultrapassado por Jeff Bezos. A disputa foi acirrada, mas Bezos havia consagrado seu lugar no topo do pódio – até agora. Gates o superou nesta sexta-feira (15), de acordo com a Bloomberg.

Segundo o veículo, a fortuna de Bill Gates está avaliada em US$ 110 bilhões, em comparação aos US$ 108,7 bilhões de Bezos. O capital dos fundadores da Microsoft e Amazon é diretamente afetado pela atuação de suas empresas. No caso da Microsoft, as ações têm subido devido a um acordo de US$ 10 bilhões que a empresa fechou com o Pentágono – o mesmo disputado com a Amazon. A iniciativa teve, é claro, um impacto nas ações da varejista.

A vida pessoal de Bezos também contribuiu para este resultado. O empreendedor renunciou a 25% das suas ações da Amazon após se divorciar de Mackenzie Bezos. Após o divórcio, ele também vendeu quase US$ 2 bilhões em ações da companhia, mas havia permanecido no posto de homem mais rico do mundo.