Os 9 países mais empreendedores do mundo

Avatar

Por Júlia Miozzo

25 de junho de 2015 às 09:44 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – “Empreendedorismo” varia de país para país. Enquanto nos países desenvolvidos, como os Estados Unidos, por exemplo, o conceito está relacionado com startups inovadoras, em países em desenvolvimento a questão acaba virando “sobrevivência”.

Tudo o que você precisa saber para construir uma startup de sucesso está no curso “Startup de A a Z, construindo negócios campeões”. Inscreva-se agora, restam poucas vagas!

Em alguns países ser “empreendedor” é uma necessidade, tendo em vista o baixo número de empregos disponíveis. Se você não consegue um emprego, é hora de ter seu próprio negócio, criar sua própria oportunidade.

Isso se reflete no ranking dos países mais empreendedores, segundo pesquisa feita pelo grupo britânico Approved Index. O Brasil aparece em terceiro no ranking liderado por Uganda, enquanto os Estados Unidos ocupam a 41ª posição do ranking de países com maior número de empreendedores.

O ranking, baseado na porcentagem de adultos que possui ou é sócio de um negócio e já pagou salários por três meses ou mais, revelou países que nunca passaram pela mente das pessoas por conta disso. Países com desemprego alto e pouca ajuda estatal lideram a lista.

Confira:

1. Uganda
Aproximadamente 28% da população é empreendedora neste país africano. Muitos deles, inclusive, estão vendo seus negócios crescerem devido aos recentemente instalados cabos de fibra óptica que conectam inclusive as vilas mais distantes à internet.

2. Tailândia
O transporte é um dos melhores setores do país e, por isso, nas áreas turísticas é uma área que garante uma renda razoável. Cerca de 16,7% do país trabalha por conta própria, principalmente no transporte.

3. Brasil
A grande maioria dos empreendedores são vendedores. 13,8% dos brasileiros são empreendedores, dos quais quase metade são mulheres, um número muito elevado. O comércio é o setor onde predominam os empreendedores e a informalidade tem caído por conta da implantação do MEI (Microempreendedor Individual).

4. Camarões
Predominantes na indústria e serviços alimentícios, 13,7% do país são trabalhadores autônomos.

5. Vietnã
Os famosos barbeiros de rua e feiras de rua lotadas do país permitem que 13,3% da população trabalhem por conta própria.

6. Angola
12,4% da população é vendedora de rua – os chamados “zungueiros” e “zungueiras”, que compõem grande parte dos trabalhadores autônomos do país. O congestionamento do país é um dos fatores que os ajuda a vender os produtos.

7. Jamaica
Também predominam o vendedores de rua nos 11,9% dos autônomos. O governo, inclusive, incentive maior adoção de ideias empreendedoras que envolvam tecnologia.

8. Botsuana
11,1% da população são empreendedores, trabalhando principalmente com a plantação e venda trigo em tendas nas feiras.

9. Chile
Um dos países mais prósperos e estáveis da América do Sul, 11% da população escolheram ser empreendedores. É o país mais desenvolvido da lista.