A culpa é de quem? Veja 4 estagiários que se transformaram em milionários

Avatar

Por Júnior Borneli

24 de junho de 2015 às 14:47 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Eles começaram a carreira como estagiários, aqueles que normalmente são culpados por qualquer problema que aconteça na empresa. Porém, a medida que evoluíram na carreira, tornaram-se empresários de sucesso ou executivos com salários milionários.

Conheça quatro exemplos de pessoas que começaram por baixo e hoje são referência no mundo todo:

Kevin Systrom, do estágio no Twitter para a criação do Instagram

primeiro estagiário do Twitter, formou-se na Universidade de Stanford em 2006. Além do Twitter, trabalhou em um site chamado NextStop e depois fundou sua própria startup, a Burbn.

Tudo o que você precisa saber para construir uma startup de sucesso está no curso “Startup de A a Z, construindo negócios campeões”. Inscreva-se agora, restam poucas vagas!

Algum tempo depois, essa startup passou a se chamar Instagram e Systrom tornou-se um co-fundador e CEO multimilionário.

Darian Shirazi, do estágio no Facebook para a criação da Radius

Ele foi o primeiro estagiário do Facebook, ainda com 19 anos. Antes disso, aos 15, estagiou no eBay quanto tinha apenas 15 anos, por onde permaneceu por duas temporadas.

No Facebook, ele subiu de estagiário para Engenheiro de Software, reportando-se diretamente a Mark Zuckerberg. Depois disso, fundou a Radius, empresa de coleta de dados avaliada em US$ 100 milhões de dólares.

Alex Seeman, de estagiária a Diretora de uma empresa de US$ 5 bilhões

Alex Seeman começou como estagiária na WeWork, empresa avaliada em US$ 5 bilhões e que possui espaços de coworking e escritórios de aluguel para startups e outras empresas.

Ela começou na empresa como estagiária, em 2012 e hoje é Diretoria de Produtos Digitais, em uma ascensão meteórica na carreira.

Austin Geidt, de estagiária a Diretora Global de Expansão do Uber

Geidt começou como estagiária no Uber quando a empresa tinha apenas 4 funcionários. No começo, sua atividade não era bem definida e ela fazia a distribuição de panfletos e atendia as ligações do call center, de madrugada.

Agora ela lidera o programa de expansão global do Uber para mais de 300 mercados em 56 países. A empresa está avaliada em US$ 50 bilhões de dólares.