7 sinais de que seu chefe é um grande problema

Avatar

Por Júlia Miozzo

26 de agosto de 2015 às 16:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – Estar em uma posição de liderança não necessariamente indica que a pessoa é madura. E muitas vezes, um chefe pode atrapalhar inúmeras pessoas realizando todo o trabalho ao redor dele – prejudicando toda a empresa com isso.

E por isso pode ser um problema ainda maior quando se trata de um chefe de uma startup ou pequena empresa, que não sabe lidar com alguns problemas existentes na empresa – ou então acredita que ele é o único cuja opinião realmente importa. Como conta o Entrepreneur, trabalhar para uma pessoa desse tipo pode prejudicar tanto você quanto os outros funcionários da empresa. Ou seja: toda ela.

Confira quais os indícios de que seu chefe é um desses:

1. Irrita-se facilmente quando não consegue o quer
Seja quando alguém discorda dele ou não permite que ele consiga o que quer, ele se irrita e demonstra insatisfação logo de início – usualmente fazendo até um bico. Chefes maduros não têm esse comportamento ao primeiro sinal de desacordo e sim aprendem a lidar com ele e como negociar.

2. Ele só se importa com tendências
Eles tendem a querer colocar qualquer nova tendência em prática. O problema é que, embora elas possam parecer boas ideias, não necessariamente elas vão se adaptar às estratégias de sua empresa. Nesse caso, eles podem acabar prejudicando toda a estrutura de uma empresa em prol de uma tendência do mercado.

3. Ele não dá atenção a conselhos internos
Ignorar conselhos que vêm de sua própria equipe é algo que maus chefes fazem constantemente. A equipe fica desfalcada por nunca ser ouvida e continuar tendo problemas que o líder não se preocupa em resolver. Mesmo que conselhos vindos de fora sejam valiosos, chefes comprometidos fazem proveito tanto dos que vêm de dentro de sua empresa quanto dos externos.

4. Se importa mais com ping-pong e cerveja do que com o produto/serviço
Ter uma cultura empresarial que seja descontraída é o maior desejo de muitos líderes de startup. O problema é quando isso toma mais tempo do dia do que o próprio trabalho no produto.

É algo que deve ser valorizado dentro do ambiente de trabalho e tem sua importância, mas que deve ficar para trás em alguns momentos – como prazos de entrega e reuniões de equipe.

5. Você se sente como pai (ou mãe)
Alguns chefes não conseguem lidar com compromissos que possuem, como chegar a tempo em reuniões. São pessoas impulsivas que parecem não ter crescido e aprendido a controlar seus impulsos. Nesses casos, se você se sente como um dos pais de seu chefe, você tem um problema nas mãos.

6. Ele se recusa a assumir responsabilidades ou admitir que está errado
Os chefes, por maior qualidade que eles tenham, também erram. Seja um palpite errado ou uma decisão mal tomada, isso pode acontecer. Existem pessoas em posição de liderança, entretanto, que não sabem assumir o erro – e podem culpar qualquer outra pessoa por isso.

7. Os diretores contrataram alguém para só orientá-lo
Em alguns casos, ter alguém em um papel de supervisor de um CEO inexperiente pode ser algo brilhante – e muito necessário. Isso aconteceu com Sheryl Sandberg e Mark Zuckerberg no Facebook, por exemplo, e lá deu certo.

Apesar disso, se alguém mais velho e com mais experiência foi contratado para auxiliar seu chefe pode ser um alerta de que ele é incapaz ou irresponsável. E que, cedo ou tarde, essa pessoa se tornará a verdadeira liderança da empresa.