7 lições para criar produtos de sucesso

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

2 de abril de 2019 às 07:54 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Não existe receita para o sucesso. No entanto, existem lições aprendidas por executivos de grandes empresas ou empreendedores que merecem ser repassadas. Um exemplo disso é o Steve Blank, considerado como o “professor de todos os empreendedores” e um dos precursores da teoria de “Startup Enxuta”.

E foi ao aprender lições com Blank e outros empreendedores que Vinicius David, líder de produto na HP, também foi aprendendo suas próprias. Confira:

  1. “Produtos extraordinários “jogam” hockey”

Para o executivo, as empresas e startups devem criar bases sólidas antes mesmo de criarem produtos. Com uma base sólida, a linha de crescimento sustentável rumo a escala tende a ser como um taco de hockey. “As pessoas esquecem de construir um alicerce importante para a escalada. Por falta dessa base sólida que as empresas vão para o buraco, sejam as grandes ou pequenas”, comentou.

  1. “Reinvente o seu conceito de desenvolvimento de produtos”

David citou um dos ensinamentos de Steve Blank para a criação de produtos: saia do prédio. “Ninguém mais faz inovação sentado no sofá. Se quiser desenvolver um produto ou serviço que as pessoas ficarão apaixonadas, você tem que sair, não pode pagar para uma pessoa fazer pesquisa, ela não irá te trazer as dinâmicas do mercado”, disse o executivo. “Chuta a cadeira, sai do escritório e vai falar com pessoas que realmente importam na criação do produto”.

  1. “Reformule as perguntas que faz aos potenciais clientes”

“Há 10 anos atrás, quantos bancos existiam no Brasil? E hoje, quantas opções existem somente para contas digitais?”, questionou o executivo da HP. A provocação é para que o produto acompanhe as mudanças do mercado e que um de seus diferenciais é que ele seja amado por seus usuários, o que pode impactar até mesmo em um menor gasto com marketing e custo por vendas devido as recomendações.

  1. “Recrie suas fontes de energia”

A HP se tornou muito conhecida por suas impressoras. No entanto, hoje utiliza-se cada vez menos papel. Para se reinventar nesse setor, a empresa foi atrás de outras necessidades… E criou um produto que vendeu mais de 40 milhões de unidades, segundo David. “Mudou o jeito que as pessoas querem imprimir. A nova geração gosta de foto, mas nunca revelava. Criamos essa impressorinha chamada Spocket que cabe no bolso e imprime fotos e adesivos. A impressão está morrendo dentro do escritório, as pessoas estão imprimindo de maneira diferente”, disse o líder de produto.

  1. “Redesenhe a sua estratégia de produtos”

Para o executivo, as empresas não devem ter medo da “auto-canabalização”. Pelo contrário, elas devem ser as primeiras a se superarem, melhorando e substituindo produtos quando for necessário para que a concorrência não o faça primeiro.

  1. “Reinvente seus produtos usando machine learning e inteligência artificial”

“A inteligência artificial será o que irá diferenciar o seu produto hoje, mas tem que ter muita disciplina e cuidado porque tem muito charlatão no mercado”, disse Vinicius David. Como exemplo de inteligência artificial, ele citou uma linha de notebooks da HP que prevê quando os dispositivos terão problemas para resolvê-los antes que aconteçam.

  1. Reprograme a sua carreira

“Todos os engenheiros que inventaram alguma coisa estavam reinventando conceitos passados. Talvez a maior lição que eu tenha aprendido seja essa, tem que parar de pensar linearmente e na horizontal, tem que pensar exponencialmente”, finalizou Vinicius David. Ele foi um dos palestrantes do Silicon Valley Conference, evento da StartSe sobre as novidades do Vale do Silício.