7 histórias de empreendedores "atípicos" que fizeram fortunas

Empreender vem do berço? Há quem largue a profissão para criar sua empresa (ou garotos que estão muito longe de chegar na faculdade)

Avatar

Por Da Redação

23 de março de 2015 às 16:40 - Atualizado há 5 anos

SÃO PAULO – Não importa a idade: empreender é uma arte, em que é necessário muito talento. Vira e mexe surgem histórias maravilhosas de pessoas que largaram empregos e criaram suas empresas, assim como garotos (e garotas) que fizeram suas empresas muito antes de chegarem ao mesmo na faculdade.

Para isto, escolhemos sete histórias inspiradoras de empreendedores (que já publicamos no passado) para você reler e se inspirar. Confira:

1) 15 anos, um presente de US$ 1 mil e uma start-up
O jovem norte-americano Erik Finman, de 15 anos, ganhou US$ 1 mil em dinheiro da avó. Ao invés de gastar, ele resolveu começar a investir em bitcoins e transformou o presente em US$ 100 mil. Com esse capital inicial, ele resolveu criar uma empresa para conectar, por meio de videoconferências, estudantes e especialistas em áreas do conhecimento.

2) No ensino médio ele fez uma empresa com vendas de US$ 1 bilhão
Ben Nash tinha apenas 17 anos (e ainda cursava o ensino médio) quando criou a PCS Wireless. A empresa, que está antecipando US$ 1 bilhão em vendas neste ano, é especializada em comprar celulares usados, consertá-los e pensar em maneiras criativas de vendê-los.

3) Largou a profissão para ganhar a vida com brigadeiros
Isabela Ferracini, de 35 anos, empreendedora bem-sucedida espera fechar 2015 com um faturamento superior a R$ 1 milhão na Madame Formiga. Ela largou a profissão de engenheira, após servir uma receita de brigadeiro no tacho para os convidados de um casamento, feito por ela mesma. Como o sucesso foi imediato, Isabela inseriu a receita no cardápio de outros eventos e logo começou a receber encomendas. Foi a deixa para começar seu próprio negócio.

4) Menina de 15 anos já tem uma agência de babás
Noa Mintz, de 15 anos, parece uma típica adolescente. Mas é dona de uma agência de babás. A agência já conta com 25 babás em período integral e 50 para cuidados ocasionais, além de atender mais de 190 clientes. Mal entrou no ensino médio e ganha mais de US$ 500 mil por ano.

5) Garoto de 10 anos cria negócio de comidas de cachorro
Ryan Kelly tinha apenas dez anos de idade quando criou uma marca de comidas premium para cachorros, ganhando um bom dinheiro com isso. E olha que ele não era um empreendedor novato com essa idade: já tinha tido barracas de limonada, vendia doces de Halloween e chegou a alugar tênis. Um empreendedor nato.

6) Largou a faculdade de medicina e fatura mais de R$ 1 milhão com doces
Em 2010, a carioca Carolina Sales cursava medicina quando sentiu a necessidade de complementar a sua renda: Carolina então pediu a ajuda de sua avó para que ela lhe ensinasse a fazer o brigadeiro congelado. Com isso, trancou a faculdade de medicina e utilizou os R$ 20 mil e abriu a primeira loja da Brigaderia Chic. Hoje ganha milhões com isso.

7) Menino de 7 anos cria empresa de reciclagem
Hoje com 12 anos, Vanis Buckholz criou a My ReCycler quando tinha apenas 7 anos de idade. A ideia de recolher lixo reciclável no bairro onde morava surgiu depois de uma aula na escola – e isso o levou a ganhar dinheiro. Ele começou reciclando o lixo da sua casa, em seguida passou para a casa dos vizinhos, ganhando cerca de US$ 200 por cada caminhão que enche com lixo.