7 hábitos de empreendedores bem-sucedidos que você deve adotar

Avatar

Por Júlia Miozzo

16 de julho de 2015 às 11:24 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – A maneira como construímos nossa vida profissional e pessoal vem de hábitos que sempre tivemos – e enquanto alguns deles podem nos prejudicar, outros podem nos levar a uma carreira brilhante.

Nesse segundo caso, temos empreendedores como Mark Zuckerberg e os demais, que construíram verdadeiros impérios. Algumas das práticas e atitudes de tais pessoas podem ajudar você com a rotina de sua startup.

Sua startup precisa de ajuda? No StartSe são mais de 2 mil investidores e mentores. Cadastre-se agora, é gratuito. Acessewww.startse.com.br.

Confira algumas delas, segundo o Entrepreneur:

1. Minimize as decisões de pouca importância
Algumas decisões de nosso dia-a-dia, por mais simples que sejam, podem nos estressar e tomar boa parte de nosso tempo. Para maximizar sua energia e dar prioridade às decisões de alto impacto e criatividade, os empreendedores devem dar menos importância a escolhas rotineiras.

Basta gastar um pouco mais de tempo escolhendo qual roupa vestir para perder tempo que você poderia utilizar em outras coisas mais importantes do seu dia.

2. Não aceite “não” como resposta
Ignorar as pessoas pessimistas é a única maneira de ir para frente – mas, para isso, é preciso ter confiança em si mesmo. Elon Musk, o criador da Tesla, é um exemplo de empreendedor que não aceitou o “não” como resposta e nem deu atenção quando lhe disseram que algo era impossível. Sem nenhuma confiança e determinação em uma ideia, não como fazer o possível para fazer sua startup ser bem sucedida.

3. Sempre esteja à frente de todos
Empreendedores sempre são caracterizados como as pessoas com vontade de estar um passo à frente de qualquer pessoa. A CEO do Yahoo, Marissa Mayer, é o maior exemplo disso por sempre estar em busca dos resultados mais próximos da perfeição.

4. Pense em seus consumidores primeiro
As startups inovadoras sempre começam com o consumidor como primeira prioridade. Os empreendedores conseguem enxergar uma necessidade e preenche-la, criando algo melhor e que corresponda às necessidades de seus usuários.

O Twitter, por exemplo, foi construído com base na ideia de comunicação rápida em todo o mundo, apenas com 140 caracteres. Mais importante do que isso, seus fundadores estavam mais preocupados em melhorar o uso e reduzir as falhas do que com a renda desses primeiros anos.

5. Entusiasticamente mude de caminho
Mesmo que as startups não deem certo, empreendedores persistentes acabarão sendo os bem sucedidos. Eles estão dispostos a tentar uma segunda, terceira e até quarta vez; ao invés de desistir, eles tentam criar algo diferente.

6. Seja visível
A maioria dos empreendedores trabalham quando querem (seja mais ou menos horas do que um funcionário normal) e de onde querem. Eles entendem que algumas ideais criativas só aparecem com novos ambientes e experiências.

Exemplo disso é Richard Branson, fundador do grupo Virgin; ele é muito visível, não somente com sua empresa, mas também estando sempre disponível para seus clientes. Está sempre conhecendo novas pessoas e encontrando novas ideias.

7. Seja verdadeiro com sua empresa
As startups dão a diversas pessoas a oportunidade de criar uma cultura única. A fundadora do ModCloth, Sunsan Gregg Koger, criou a loja online aos 17 anos e construiu sua empresa sem nenhuma experiência profissional no mundo do varejo. Isso levou a um poder criativo que negava o caminho que os demais varejistas estavam tomando e garantia uma dedicação maior à experiência do consumidor.

Hoje, com uma empresa de sucesso, ela encoraja sua equipe a continuar criando o engajamento criativo do consumidor e desenvolvimento da empresa. Ela mantém a cultura que consistentemente leva à criatividade.