Eirene, agrotech de pulverização inteligente, participa de captação da CapTable

Startup quer levantar R$ 750 mil em investimentos após validação do produto em cinco fazendas na região sul do Brasil

0
shares

A agrotech Eirene Solutions desenvolveu um sistema de pulverização inteligente e seletiva que utiliza visão computacional para detectar plantas e ervas daninhas. Assim, permite fazer aplicações somente onde é necessário, evitando o desperdício de herbicidas. Depois de validar a solução em cinco fazendas da região sul do país, a empresa busca captar R$ 750 mil em uma rodada de investimentos na plataforma CaptTable.

O Savefarm, como foi batizada a solução, foi lançado em 2018. “O produto beneficia o produtor, pois reduz seus custos, e a sociedade em geral, os consumidores, pois gera a redução do agroquímico no produto que consumimos no dia a dia”, exemplifica Eduardo.

Um dos principais êxitos na trajetória da startup Eirene foi identificar o momento certo de pivotar e encontrar um produto mais adequado ao mercado – que foi o Savefarm. “Começamos nossa história desenvolvendo drones para pulveirização e robôs autônomos. Mas nosso maior acerto foi apostar no Savefarm, pois hoje o mercado está pronto para um sistema que é acoplado em máquinas que já existem”, diz o CEO.

Entretanto, hoje em dia, não basta criar um produto eficiente e de grande potencial transformador do grupo. A usabilidade é um fator decisivo para que uma solução seja, de fato, escalável. “Nós percebemos que o agricultor precisa utilizar o Savefarm com a mesma facilidade que utiliza um celular, por exemplo”, revela Eduardo Marckmann. “Entendemos, ao longo do processo, que seria necessário desenvolver ferramentas simples, que qualquer pessoa entenda como utilizar em poucos segundos”.

Expansão e investimento

Atualmente, a Eirene está instalada no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc). A startup tem clientes no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. No entanto, já com o produto consolidado, o plano é atingir outros mercados. Produtores rurais das regiões sudeste e centro-oeste estão na mira de Mackmann e do restante da equipe da agrotech.

Para financiar a expansão, a empresa está levantando uma rodada de investimentos por meio da Captable, a plataforma de investimentos da StartSe, que permite que investidores façam aportes a partir de R$ 1000 em startups. De acordo com Marckmann, a presença da startup na plataforma para captação de recursos desenvolve a empresa comercialmente a nível nacional. “Queremos aumentar nossa presença pelo Brasil e atingir R$ 750 mil em investimentos”, afirma o empreendedor.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários