6 hábitos que te ajudarão a viver melhor sem um salário recheado

Avatar

Por Lucas Bicudo

27 de julho de 2016 às 12:56 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Enquanto uma herança ou um emprego que pague algo fora do comum pode te colocar entre aqueles que tem muito dinheiro e nenhuma preocupação, são as pequenas coisas e hábitos que assumimos todos os dias que realmente fazem a diferença entre prosperidade financeira e uma montanha russa de emoções. E saber viver bem com pouco dinheiro certamente ajuda na hora de empreender.

Quais são esses pormenores diários que podemos adotar em nossas vidas de um modo que a missão de alcançar prosperidade seja mais fluída e saudável?

1 – Condicione seu pensamento

Todos sabemos: depois que as contas são pagas, o seu salário parece literalmente anêmico. A ideia de guardar uma graninha se torna cada vez mais distante. Para viver bem com o que se tem, é preciso, primeiro de tudo, uma mudança de pensamento. Nada adianta se você não está disposto a querer isso, a se sacrificar por isso, a perder algumas coisas para ganhar em outras. Ninguém aqui está sugerindo que você viva à base de pão e água, guardando o resto do dinheiro que te resta para o presente. Não subestime o poder de começar pequeno. Coloque na poupança realmente aquilo que você se sente confortável e que não irá te prejudicar. O hábito se repetirá até quando você puder guardar R$ 1 mil por mês, o que te renderá sempre mais dinheiro.

2 – Tenha em vista aonde você quer chegar

Se você quer guardar uma grana para o futuro, é aconselhável que você faça um plano a longo termo, como um plano financeiro para os próximos 5 anos. Lá você especifica metas que você gostaria de cumprir nesse período de tempo e como você seria capaz de viabiliza-las. Se você não quer passar por apuros quando sair de seu emprego fixo e começar a empreender, por exemplo, tenha em mente que você precisa guardar x e só da maneira y você conseguirá operacionalizar.

3 – Adote suas próprias estratégias e macetes mentais

Vamos pensar numa regrinha rápida e básica aqui. Que tal não gastar mais de R$ 300 reais em coisas que não são essenciais para sua vida? A boa notícia aqui é que essa é uma regra meramente sugerida em poucos segundos de imaginação exercida. Você pode criar uma que cabe exatamente de acordo com suas necessidades e intenções. De fato, praticar essas regras imaginárias para se disciplinar é um belo hábito.

4 – Haja como um milionário

Para muitas pessoas a imagem de um milionário ainda está em luxuosas mansões e Bentleys novinhos. Mas a verdade é que os reais milionários não estão vivendo em tanta ostentação assim – eles preferem guardar dinheiro e fazer com que toda sua estrutura funcione sem apertos, sem gastos desnecessários. Grande parte da riqueza dessas pessoas está na mente focada, no trabalho duro e no valor que elas dão para o que tem.

5 – Saiba sempre o que está entrando e o que está saindo

Todos nós sempre temos ótimas intenções quando o assunto é guardar uma grana. Claro. Quem não quer? Mas a real é que se você não sabe o que está entrando e saindo da sua conta, é impossível que você se comprometa com as suas metas.

6 – Livre-se de dívidas

Todos possuem dívidas em algum momento da vida. Aqui não estamos falando daquelas dívidas gordas, como empréstimos estudantis e hipotecas, mas sim das dívidas do crédito, que estão aumentando freneticamente a cada dia que passa e você está ficando desesperado. Agora somemos alguma emergência que apareceu: o celular quebrou e o conserto está infelizmente custando R$ 500. O que fazer? Esse é o ponto de desespero, onde não há uma luz no fim do túnel. Onde você não conseguirá guardar a grana que tanto quer. Que tal então separar um mês para acertar todas as suas contas e viver de uma maneira mais modesta? Ninguém aqui está dizendo que será fácil. Muito pelo contrário, requer boa dosagem de disciplina e coragem. Mas depois disso você será capaz de remodelar seu esquema tático e destinar melhor sua grana, gastando menos aqui e guardando mais ali, em caso de algum imprevisto. Essa é uma fórmula líquida e pode variar de mês em mês, mas o importante é que você sempre esteja preparado para segurar uma eventual bronca e continuar vivendo sem dívidas.

(via Business Insider)

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]