5 táticas empreendedoras que podem te ajudar a atravessar a crise

Avatar

Por Lucas Bicudo

17 de Maio de 2016 às 09:44 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O atual cenário de desconfiança da economia nacional afeta diretamente o desempenho de empresários e consumidores brasileiros.

De acordo com o Índice de Confiança do Empresário de Pequenos e Médios Negócios no Brasil, elaborado pelo Centro de Estudos em Negócios do Insper e com apoio do Santander, o indicador recuou 0,7% no segundo trimestre em relação ao primeiro.

Para driblar esse cenário, é preciso criatividade, solução e inovação. Inovação explicada por Gustavo Caetano, fundador e CEO da Sambatech e tido como “Mark Zuckerberg do Brasil”. Confira cinco táticas para melhorar o andamento de seus negócios nesse momento de crise.

1 – Fidelize seus novos clientes e mantenha a base mais forte ainda 

O custo por cliente durante o período de crise aumenta, uma vez que esse não está inclinado a comprar ou consumir nada além do que pode. Por isso, é importante manter sua base de clientes atual e começar a pensar em algum tipo de estratégia para fidelizar os novos.

Victor Popper, head da All iN, vertical de marketing digital da Locaweb, diz: “Invista um pouco mais na manutenção dos seus clientes da base, aproxime sua marca deles e ofereça conteúdo realmente relevante”.

2 – Controle todos os seus custos 

A crise de crédito derivada da situação econômica impactou intensamente o nível de inadimplência das empresas de pequeno porte. Para contornar isso, é preciso adequar os custos e ter um controle maior do fluxo de caixa.

Luan Gabellini, sócio-fundador da Betalabs, empresa especializada em plataforma de gestão para o comércio eletrônico, avalia: “Busque equalizar a situação de custo sem deixar de lado novos investimentos, porque o negócio precisa sempre seguir crescendo.

Gabellini aconselha também criar uma política de incentivo à diminuição do financiamento com preços mais competitivos para prazos de pagamento mais curtos.

3 – Inove ou aumente a gama de seus produtos e serviços 

Na crise é preciso ter criatividade para atrair novos clientes. E para isso é necessário criar novas ofertas de produtos, soluções e serviços e, sobretudo, inovação.

Quer saber como levantar uma startup completamente inovadora? Junior Borneli, co-fundador do StartSe, conversa em um hangout sobre o assunto com Samir Iasbeck, fundador do Qranio, eleito o melhor aplicativo da América Latina pelo Facebook e escolhido para ser acelerado pelo Google.

Rafael Cichini, CEO e sócio-fundador da Just Digital, empresa especializada em gestão de conteúdo, diz que: “Aumentar o portfólio de ofertas de soluções e aumentar o escopo de serviço é uma forma de atrair novos clientes por portas diferentes”.

4 – Crie ofertas para quem paga bem 

A inadimplência não atinge somente os empreendedores, mas também os seus consumidores. Por isso, é importante entender essa situação e criar condições para que os pagamentos sejam feitos em dia, afirma Thoran Rodrigues, CEO e fundador da BigData Corp.

“Crie um desconto por pagamento em dia, onde os clientes que pagam a conta dentro do prazo tem uma redução no preço e que pode ser maior se eles pagarem mais rapidamente”, afirma.

Leia mais: Afinal, é hora de empreender ou evitar riscos?

5 – Agregue valor ao seu cliente 

Além da importância de fidelizar o cliente, é necessário sobretudo agregar seu valor como um tijolo a mais na construção do sucesso de sua empresa. Em períodos de crise, até quem não passa por ela de uma forma mais rígida deve se preparar, avalia Alexandre Glikas, head da Locaweb Corp, unidade corporativa da Locaweb.

“Em meio a essa tormenta política e econômica, uma saída é se aproximar ainda mais dos clientes. É preciso entender de que maneira a crise está impactando em seus negócios e pensar em conjunto nas melhores formas para atravessar esse período”, completa.