5 maneiras de otimizar seu tempo, segundo empreendedores bem-sucedidos

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

3 de janeiro de 2018 às 15:59 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Estamos no segundo dia útil de 2018 e agora o ano começou oficialmente. Se você colocou em suas metas para esse ano ser mais produtivo, essa notícia é para você. Hoje, apresentamos 5 maneiras utilizadas por empreendedores para otimizar tempo.

As medidas são necessárias porque quanto mais bem-sucedido você é, mais o seu tempo é valioso e requisitado. Como dar conta de todas as solicitações de conselhos e investimento? 5 membros do The Oracles, um grupo dos melhores empreendedores e investidores do mundo, revelam seus segredos.

1. Preparem “nãos” que ajudam

Barbara Corcoran, fundadora do The Corcoran Group e Tubarão no Shark Tank, dá sua dica: prepare “nãos” inspiradores. Muitas pessoas a procuram para parcerias ou apenas “uma hora de seu tempo”. A maioria das solicitações recebidas são por e-mail, e por isso a empreendedora já possui respostas prontas. Entre elas, estão um educado “obrigada”, uma expressão de apreciação, uma explicação do porquê não a interessa e uma sugestão de onde encontrar a ajuda necessária.

“Anos atrás, eu cedia meu tempo para todos. Eu fazia o mesmo com dinheiro! Mas, fazendo todo mundo feliz, eu não estava priorizando minhas metas e felicidade. Eu aprendi que quando você quer conquistar algo na sua vida, deve cuidar de si mesmo antes”, afirmou Barbara Corcoran.

2. Crie filtros

Com Mirza é CEO do Mirza Holdings e o “O Homem de US$ 500 milhões”. Mirza recebe pedidos de conselhos ou investimento e criou filtros para separar os pedidos sérios dos curiosos. Primeiro, Mirza pede para retornarem as mensagens, para ver se há follow up. Se não há, ele para de se comunicar. Se há, ele pede para retornarem novamente. “Se eles seguem as duas vezes, eu peço um pedido por escrito para avaliar se vale a pena o meu tempo”, comenta.

Com a validação da proposta, Mirza agenda um telefonema de 10 minutos para que expliquem o pedido em profundidade. “Se é um pedido de financiamento, peço um plano de negócios ou um pitch. Geralmente, eles não têm um, o que termina a discussão”, afirma.

3. Pré-qualifique, tenha um plano e faça um inventário

Para Shaun Rawls, CEO do Rawls Consulting, é importante criar roteiros de diálogos para saber rapidamente se a pessoa possui algo a oferecer para o se negócio. “Um bom roteiro é como uma música de rock best-seller: cante do mesmo jeito toda vez e irá fazer uma fortuna”, comenta.

O segundo passo, para Rawls, é desenvolver um plano de jogo. “Ter um plano de negócios claro fornecerá uma noção de quais serviços e pessoas sua empresa precisa para se destacar no futuro, tornando mais fácil determinar a quem dar o seu tempo”, afirma.

Em terceiro lugar, é necessário fazer um inventário para avaliar tudo e todos. Rawls acredita que as pessoas e as tarefas podem trazer valores e energias boas, ótimas, negativas ou horríveis. Separar nessas categorias traz uma crítica de em quem ou em qual tarefa deverá investir seu tempo.

4. Responda a pessoas que vão direto ao ponto

Tai Lopez, investidor e conselheiro de negócios de milhões de dólares, acredita que o maior erro que as pessoas podem fazer é serem generalistas, não chegando direto ao ponto. “Se você abordar alguém na rua, nunca diga ‘Hey, posso falar com você por cinco minutos?’. Ao invés, diga: ‘Hey, questão rápida: qual é o seu livro favorito?’”, comenta. Lopez aconselha que as pessoas treinem o que dirão, mesmo que tenham que ler um roteiro. “Eu prefiro alguém que leia um roteiro que balbucie”, ele afirmou.

5. Tenha discernimento e agende encontros rápidos

Tim Draper é fundador do Draper Associates. Para ele, o tempo é finito, então é necessário protegê-lo tendo discernimento – ou as vezes até mesmo não respondendo. “Quando as pessoas me abordam, eu geralmente respondo com uma explicação sobre como não nos encaixamos, ou peço mais informação.” E, quando ele concorda em conversar com alguém, o encontro dura de 20 a 30 minutos, invés de uma hora.

Agora você sabe o que fazer para otimizar o seu tempo e das outras pessoas. Se deseja aprender outras maneiras de abordar investidores para captação, participe do Invest Class, um treinamento com os maiores investidores-anjo do Brasil. Confira!

(Via Entrepreneur)