5 hábitos de empreendedores que se tornaram ricos

Empreendedores de sucesso possuem características em comum e é importante saber para poder copiar

Avatar

Por Da Redação

11 de setembro de 2015 às 11:12 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Construir um negócio próprio não é fácil. É necessário muito trabalho, inspiração, vontade e, principalmente, você precisa saber o que está fazendo, ter um racional atrás das decisões (até mesmo das emotivas!).

E ficar rico é mais difícil ainda. Empreendedores de sucesso, que viram suas empresas virarem modelos em seus setores, porém, possuem características em comum e é extremamente necessário conhecê-las para poder copiar e se transformar em um empreendedor melhor como resultado.

Nem sempre é necessário ter dinheiro para ficar rico: Larry Ellison, por exemplo, começou sua empresa com apenas US$ 1.200. Mas teve suas qualidades, soube usar suas habilidades e conseguiu fazer com que sua empresa se tornasse uma das maiores no setor de software do mundo, fazendo-o um dos 10 homens mais ricos do mundo.

Pensando nisso, o portal americano Entrepreneur juntou 5 hábitos de empreendedores de sucesso, confira: 

1) Eles buscam inovação
Eles não querem apenas montar um negócio antigo – eles querem uma inovação. Veem problemas que precisam ser resolvidos e uma oportunidade para prover uma solução. Jeff Bezos, da Amazon, por exemplo, largou seu bom emprego em Wall Street depois de aprender que a internet crescia mais de 2.400% ao ano. Decidiu, então, montar uma livraria digital.

2) Tomam riscos
Empreendedores de sucesso tomam riscos. Bill Gates e Paul Allen, fundadores da Microsoft, resolveram trabalhar em seus primeiros projetos depois de conversar com a MITS – que disse que já trabalhava em algo similar.

Vendo que uma empresa maior tinha interesse no que eles tinham em mente, não desistiram pelo fato de que eles já tinham um projeto sobre isso. Gates e Allen resolveram que iriam em frente e construiriam algo melhor que o MITS – levando as próximas semanas para construir sua nova invenção e preparar uma apresentação. Foi um sucesso.

3) Atacam problemas difíceis
Alguns dos maiores problemas da humanidade ainda não possuem solução. Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos, é um exemplo de que é possível ter sucesso buscando uma solução para eles. Ela fundou uma empresa que facilita o processo de coleta e análise de sangue, para encontrar, prevenir e tratar doenças de maneira mais efetiva. O que a motivou? A morte de um tio por câncer, que foi diagnosticado tarde demais.

4) Eles fazem o que gostam
Larry Ellison não tinha em mente que se tornaria um bilionário. Ele gostava de desenvolver softwares e resolveu fundar sua empresa basicamente para criar um ambiente em que ele pudesse se sentir à vontade na hora de trabalhar. Acabou ficando muito rico, como consequência. 

História parecida com a de Bill Gates, que gastava todo o seu tempo livre programando. Começar a Microsoft foi apenas uma forma de continuar neste caminho, ganhando dinheiro com seus talentos e paixões. 

5) Eles deixam um legado
A maioria dos empreendedores doam dinheiro para a caridade, mas muitos transformam suas vontades de filantropia em ação. É o caso de Bill Gates, Larry Ellison, Mark Zuckerberg e Warren Buffett, que possuem ações para reduzir a pobreza em escala global. A intenção? Melhorar a vida das pessoas e deixar um legado para o mundo.