3 erros comuns cometidos durante um pitch

Avatar

Por Lucas Bicudo

30 de Maio de 2016 às 16:30 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Depois de sete temporadas de “Shark Tank” e mais seis no canadense Dragon’s Den, Robert Herjavec tem o poder de dizer que já viu mais de centenas de pitches.Nesse ponto, ele consegue determinar se confia ou não em um empreendedor apenas nos primeiros minutos de seus discursos. Em entrevista, Herjavec listou três dos erros mais comuns cometidos durante um pitch. Confira:

1 – Empreendedores não costumam se vestir apropriadamente

Quando Herjavec estava na faculdade, ele possuía um trabalho de meio período como vendedor de roupas de alta costura. Com a experiência, aprendeu que pessoas que já estavam se vestindo bem não se incomodariam em se vestir melhor, em dedicar seu tempo a isso. Eram esses aqueles que ele mais se dedicava, embora não se tratasse de uma fórmula máxima para captar clientes – e sim um indicador de por onde deveria seguir.

A mesma dinâmica funciona durante um pitch. Goste ou não, o jeito que você se veste se comunica instantaneamente com o subconsciente das pessoas. Herjavec espera de seus empreendedores, tanto do programa, quanto do Vale do Silício, que usem o vestuário como um artifício complementar da cara de sua empresa. Nem todos precisam estar completamente sociais para fazer a apresentação, mas se aparecerem usando bermuda e chinelo, é melhor que eles estejam indo para a indústria do surf.

2 – Empreendedores que estão começando ainda não desenvolveram uma boa linguagem corporal

Há muito tempo, um capitalista de risco contou a Herjavec que dura aproximadamente 45 segundos para um empreendedor entrar em uma sala, saudar todo mundo, sentar e sentir-se confortável. E ao término desses 45 segundos, ele já tinha uma considerável intuição sobre se estaria interessado ou não naquela pessoa, apenas pelo jeito que ela se comunicava corporalmente. Postura, assertividade, dicção são tão importantes quanto o que você diz em alto e bom tom.

3 – Esses empreendedores ainda não sabem o suficiente de sua empresa ou indústria

“Nós podemos tolerar um pitch que não é excepcional se a história que ele traz promete a entrada de dinheiro. Mas grande parte dos pitches que dão errado são aqueles de empreendedores que estão presos em perguntas chaves para o desenvolvimento de uma empresa, como qual é a sua receita anual à essa altura, quais são suas margens e o que você planeja fazer com o dinheiro que estão investindo em você. Muita coisa é passível de erro, mas falta de expertise no seu próprio negócio é morte certa”, conclui Hervajec.
Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]