3 coisas que empreendedores aprenderam na pele (mas podia ter sido fácil)

Avatar

Por Júlia Miozzo

16 de junho de 2015 às 09:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – Sempre que nos deparamos com a história de um empreendedor de sucesso, nos perguntamos como ele chegou lá. A questão do sucesso não é – e não deveria ser – um mistério.

Por isso, muitos novos empreendedores são céticos sobre o que é possível em seu negócio, o que deve ser feito, etc. Quando se duvida do sucesso, é difícil ficar tranquilo e tomara a ação certa a ser feita.

É nesse aspecto que empreendedores de sucesso se diferem: eles sabem as verdades sobre trabalhar duro e ter um foco determinado. O Entrepreneur selecionou três de algumas lições que aprenderam ao longo de sua jornada de maneira complicada. Confira:

1. Não espere por permissão
Quando se trata de qualquer grande mudança na vida, muitas vezes esperamos por uma permissão por parte de alguém que confiamos, como uma validação de que estamos fazendo a coisa certa. E fazemos a mesma coisa quanto a decisões importantes que devem ser tomadas nos negócios: esperamos por circunstâncias que podem nunca aparecer.

Empreendedores de sucesso sabem que ninguém lhe dará um aval ou permissão para algo e entendem que, se o negócio for bem sucedido, são eles que devem fazer algo sobre isso.

2. Você deve lançar tendências, não segui-las
Copiar um empreendedor é um caminho fácil a ser seguido, já que já sabemos o que deve e não ser feito, o que é certo ou não, etc. Em todos os lugares, é possível ver cópias perfeitas de empreendedores de sucesso.

Mas empreendedores espertos não querem ser como outros. Eles não aceitam conselhos que são entendidos como “lei” de negócio, mas sim procuram maneiras novas e originais de conseguir crescer e criar um negócio.

Esses empreendedores moldam o sucesso, não o copiam. Eles observam o que e como funciona e como podem adicionar sua própria característica.

3. Dizer “não” é libertador
É normal querermos dizer “sim” para tudo, seja para agradar, para nos sentirmos bem, e, principalmente, se isso supostamente for nos ajudar em nosso negócio.

Mas muitas vezes o “sim” pode ser prejudicial tanto para nós quanto para nosso negócio – e, por isso, os empreendedores espertos provavelmente dirão “não” antes de pensar em aceitar algo. Eles valorizam seu tempo e sabem que é a parte mais preciosa de seu negócio.

Antes de aceitar e ceder qualquer coisa, avalie o quanto isso se encaixa em seus planos e sua vida.