9 maneiras de transformar sua paixão em um negócio viável

Em algum momento já passou pela sua cabeça aliar algo que você gosta muito com trabalho, mas os entraves de monetizar seus sonhos os deixam pelo meio do caminho. Como ultrapassar essas barreiras?

0
shares

Todos nós possuímos paixões em nossas vidas. Em algum momento já passou pela sua cabeça aliar algo que você gosta muito com trabalho, mas os entraves de monetizar seus sonhos os deixam pelo meio do caminho. Como ultrapassar essa barreira e fazer de sua paixão sua carreira? Bem, aqui seguem 9 maneiras que você pode considerar antes de empreender.

Não se trata apenas de paixão

Paixão por algo pode fazer com que você caia de cabeça e comece a empreender. Esse é o pensamento natural: “vou empreender com o que eu gosto”. Mas isso não é o suficiente. Você não pode deixar que a paixão o cegue diante da realidade. Pergunte-se a si mesmo se você está disposto a trabalhar muito duro e se há um mercado para isso. A paixão está no campo da ideação. Uma hora é preciso que você vá para a validação.

Como você consegue transformar algo em algo melhor?

Consideremos que sua paixão seja instrumentos musicais. O que esse mercado carece? Por exemplo, no seu bairro não existe nenhuma loja de consertos de instrumentos musicais. Aí está uma bela oportunidade de negócios. Não é que o conserto não exista em nenhum lugar, mas você pode fazer dele algo melhor ainda em uma região que carece desse tipo de serviço. Isso ajuda a fazer uma indústria mais forte.

Considere todas as possibilidades de gerar dinheiro com sua empreitada

Aqui a hora é de pensar em todas as maneiras que você tem na sua frente para investir em sua paixão. Venda suas joias, roupas de grife ou mobília. Divida conhecimento em blogs, escreva e-books ou filme vídeos. Caia de cara em parcerias, links afiliados e patrocinados, assinantes... Há uma infinidade de possibilidades para monetizar seu sonho. Você só precisa sentar a bunda na cadeira e pensar a que mais encaixa com sua empreitada.

Não seja perfeccionista

Você pode ter experiências aqui e ali, mas há sempre lugar para aprender e crescer. Vejamos o exemplo dos instrumentos musicais de novo. Você pode ser um mestre em consertar violões, mas ainda precisa aperfeiçoar a expertise em guitarras elétricas. Não espere começar seu negócio só depois que você dominar um ofício. Não espere ser perfeccionista em algo para começar a empreender. A evolução vem com tentativas e erros reais, que te puxam cada vez mais ao brilhantismo.

Saia da sua zona de conforto

Empreender significa sair da zona de conforto, não tem como. Você não pode fazer tudo sozinho e com o que você acha que tem de expertise. Empreender significa cair de cara no incerto, naquilo que pode expandir os horizontes de uma mente bem capacitada.

Sobretudo, divirta-se

É difícil manter a paixão viva enquanto tenta legitimar sua empreitada. Eventualmente, você esquece o porquê começou aquilo e perde a graça do negócio. Não deixa que isso aconteça. Divirta-se sempre e em cada parte do processo.

Nunca pare de aprender e evolua suas habilidades

A longo prazo, é necessário que você invista seu dinheiro em cultura, não há dúvidas. Não há nenhum jeito de sustentar uma caminhada de sucesso sem ouvir mais, se comunicar mais e treinar mais. Mas você pode começar devagarzinho. Tente aplicar pesquisas e estar presente em grupos focais para ter uma noção do que funcionários gostam e não gostam em sua companhia.

Supere barreiras

Autoconhecimento é difícil. Sentir nas entranhas a dificuldade de conquistar o que você quer é difícil. Quando as coisas são difíceis, é sempre mais fácil adiá-las para o amanhã. A perspectiva de que elas ainda irão ocorrer ficam no campo de visão e o conforto de não as ter realizado hoje te impede de ir à lugar algum. Portanto faça acontecer.

Seja criativo com o dinheiro

Se você precisa de dinheiro para escalar seu negócio, ou até mesmo para simplesmente começar, hoje você tem diversas maneiras de conseguir – o que antes ficava travado em inúmeros processos burocráticos com bancos e investidores tradicionais. Entre em crowdfundings, que podem te ajudar a testar a força do seu produto.

(via Entrepreneur)

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários