Por que toda startup deveria investir em um blog especializado

Precisa ganhar autoridade e conquistar a confiança do mercado em que atua? Saiba como o blog especializado pode ajudar sua empresa a se destacar.

0
shares

Quando se fala em produção de conteúdo, muitas empresas pensam apenas em posts nas mídias sociais ou em publicação de notícias sobre a própria organização em alguma aba do site. Claro, essas ações não deixam de ser produção de conteúdo, mas estão longe de ser o máximo de aproveitamento dessa estratégia. Já os blogs especializados são uma das mais poderosos ativos para essa produção de conteúdo. Entenda por quê.

Ganhar autoridade entre o público-alvo

 

Supondo que uma empresa possui um software de gestão de frotas, por exemplo, e publica frequentemente em seu site notícias como: “Nova feature X já está disponível” ou “Nossa empresa Y firmou parceria com a empresa Z”. De fato comunicar essas novidades pode ser útil para mostrar a credibilidade da empresa para quem já a conhece, mas, com esse tipo de conteúdo, as chances de atrair novos clientes que ainda não conheçam a organização são bem pequenas.

Já se a empresa possui um blog especializado, consegue mostrar ao mundo que é especialista no seu mercado. Então, pensando no caso da empresa de gestão de frotas, se ela descobre um novo processo de logística ou se tem uma dica para se destacar na gestão e externaliza em conteúdo, consegue clamar a autoria e mostra que tem conhecimento sobre as regras do mercado. Assim, qualquer concorrente que vier a fazer (ou falar) depois estará apenas copiando, seguindo a verdadeira líder.

Além disso, quando escreve sobre algum assunto, o negócio está constantemente colocando seu conhecimento à prova. Ao mesmo tempo em que se está sujeito a cometer erros e receber críticas, quem produz conteúdo é visto como uma referência, alguém que entende e conhece bem o assunto. Assim, se o blog tem qualidade, faz sucesso e é bastante comentado, a empresa passa a ser uma autoridade no assunto.

Conquistar confiança de quem ainda não conhece a empresa

 

Como visto, o ideal é que o conteúdo da empresa vá além do seu próprio negócio e discuta tópicos que possam interessar aos seus leitores, comente sobre o que experts da área estão falando etc. Falar sempre de si mesmo pode cansar a audiência. Já se a organização contribui com conteúdos das áreas que podem ser interessantes para o seu público-alvo, aproximará o contato e dará início a um relacionamento de confiança.

Mostrar isso a um potencial cliente que ainda não conhece a empresa dará mais segurança de escolher aquela organização como a fornecedora ideal. As pessoas passam a enxergar a organização como relevante e, assim, confiam mais na marca. Já se o conteúdo publicado é raso e sem novidade com relevância para o público, é natural que esse potencial cliente coloque a organização no mesmo nível dos concorrentes e que espere algo semelhante dos serviços que sua empresa presta.

Manter um relacionamento com a audiência

 

Se a empresa investe em um blog, produz conteúdo relevante e mantém uma frequência nas postagens, cria uma audiência fiel, que está sempre de olho no que tem de novo por lá. Dessa forma, mesmo que um potencial cliente não esteja no momento exato de fechamento na jornada de compra, ele estará próximo da empresa.

Portanto, o blog ajuda a manter um relacionamento entre a empresa e o seu público e a conquistar mercados ainda despreparados. Quando o potencial cliente enxergar todos os benefícios e oportunidades no produto ou serviço oferecido por aquela organização, o processo de compra estará muito mais adiantado.   

Gerar valor para o produto ou serviço que oferece

 

Outra vantagem de utilizar um blog para educar o mercado é gerar valor à venda, já que, principalmente no ramo de tecnologia, é comum que as pessoas demonstrem muito mais interesse nos benefícios que determinada ferramenta traz do que na simples promoção do produto. E o cliente só conseguirá enxergar o valor e o diferencial de um produto se tiver conhecimento sobre a área, ou seja, se for educado para isso. Por isso, é importante definir uma persona e focar na audiência e no que agregará valor para ela, ao invés de só querer vender o seu produto.

Conclusão

O trabalho de curadoria de conteúdo, selecionando e indicando material de terceiros, pode ser uma prática interessante quando se trata de atrair seguidores. No entanto, se a empresa quer ser vista como a referência no assunto, é importante que ela própria produza conteúdo e mostre seus conhecimentos.

Há vários cases de empresas de tecnologia que já investiram em Marketing Digital por perceberem que, se desejam se destacar, precisavam mudar suas estratégias: deixar de copiar conteúdo de terceiros ou apenas divulgar notícias sobre suas empresas e produtos e investir em um conteúdo interessante e notável.

E você, o que tem feito para se destacar em seu mercado? Se quiser mais dicas de Marketing Digital para melhorar os resultados do seu negócio não deixe de acessar gratuitamente o eBook Marketing Digital para Empresas de Tecnologia.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários