10 segredos para quem deseja começar seu próprio negócio

A empreendedora e criadora da Business Boutique, Christy Wright, compartilha suas dicas sobre como iniciar uma empresa do zero

Avatar

Por Isabella Câmara

13 de junho de 2018 às 16:55 - Atualizado há 2 anos

Christy Wright é a criadora da Business Boutique, uma empresa que prepara mulheres para ganhar dinheiro fazendo o que amam, e no passado escreveu o livro com o mesmo nome da sua empresa, Business Boutique. A ideia do livro é dar às mulheres um guia sobre como iniciar, administrar e expandir seus negócios até o nível desejado.

“Como treinadora de negócios certificada e uma Personalidade Ramsey, eu viajo pelo país ajudando mulheres a perseguir suas paixões, ajudando-as a superar o medo, estabelecer metas e ter sucesso”, disse Wright. “Mas isso é o que eu faço durante o dia. Em casa, sou mãe de dois garotos e esposa de um marido muito paciente. Estou perseguindo minha paixão e espero que essas dicas ajudem outras pessoas a fazer o mesmo”. Abaixo, Christy Wright compartilha dez segredos para começar um negócio do zero:

1. O melhor momento para empreender é hoje

Trinta anos atrás, os negócios eram muito diferentes e começar um não era uma oportunidade viável para todos. Mas agora as coisas mudaram – a barreira para entrar no mercado é menor do que nunca. “Você não tem que ter um monte de investidores ou até mesmo uma loja pronta. Você pode começar seu negócio hoje, com nada mais do que sua ideia e uma página no Facebook”, diz.

2. O empreendedor não precisa seguir um modelo

Segundo Wright, um empreendedor não precisa ter um MBA. E também não precisa ser um certo “tipo” de pessoa para começar um negócio. Na verdade, a empreendedora vê mais “empreendedores acidentais” do que pessoas que partiram com o objetivo e a intenção de começar um negócio.

3. Ele precisa resolver um problema

As empresas existem para ajudar as pessoas, por isso as empresas precisam resolver um problema real que as pessoas enfrentam. “Considere o que você precisa preencher, quais os problemas que você resolve e por que as pessoas devem se preocupar com o seu negócio. Esse é o valor que um empreendedor fornece, o que ele comercializa e, em última circunstância, cobra”.

4. É importante trabalhar com o que a empresa já tem

Uma empresa tem uma maior chance de ganhar dinheiro e, portanto, ser bem-sucedida e sustentável, se o empreendedor mantiver os custos baixos. E uma ótima maneira de fazer isso é começar com o que o mesmo já tem. “Quando você olha para seus recursos com novos olhos, ficará surpreso com o quanto você tem para usa”, diz Wright. Se um empreendedor já sabe o que precisa para o seu negócio, ele precisa ser o mais engenhoso possível com o que tem disponível na hora – isso pode ajudá-lo a economizar uma quantia enorme.

5. Pedir ajuda faz parte do negócio

Para as atividades que você não pode e não deve fazer sozinho, peça ajuda. Você tem algo a oferecer que as pessoas precisam e as pessoas têm algo a oferecer do que você precisa. É simples e essencial analisar quem pode ser um possível parceiro para negociar serviços ou suprimentos enquanto se está começando. “Um empreendedor precisa dar crédito a si mesmo pelos talentos valiosos que possui e não ter medo de oferecê-los em troca dos talentos dos outros”, explica.

6. Criatividade precisa ser o nome do meio de um empreendedor

Segundo Wright, a criatividade permite que o empreendedor ignore muitos custos de inicialização. Com um pouco de criatividade, por exemplo, uma pessoa sempre tem mais opções do que acredita ter. “A criatividade pode ajudar na hora de contornar uma de suas maiores despesas, o espaço de trabalho’.

7. Negócios são negócios

Há uma grande diferença entre um hobby e um negócio. Um negócio gera dinheiro, enquanto um hobby, muitas vezes, custa dinheiro. Parece simples, mas muitas pessoas encontram dificuldades na hora de diferenciar isso. “Agora, se um empreendedor quiser transformar seu hobby em um negócio, ele deve tratá-lo como um negócio”.

8. Separar as contas é essencial

Uma empresa precisa ter suas próprias contas de verificação e poupança e não podem, nunca, se misturar com as finanças pessoais do empreendedor. “Isso ajuda a manter o dinheiro separado, o que torna a vida muito mais fácil para os empreendedores”.

9. Ter um plano é uma obrigação

Segundo Wright, é importante começar um negócio com o fim em mente. “Quando um empreendedor não tem um plano, ele pode acabar sobrecarregado e desanimado”.  Além disso, ter um plano dá foco, controle e ajuda o empreendedor a se divertir com o seu próprio negócio.

10. É preciso deixar o medo de lado

Muitas pessoas têm o sonho de começar algo próprio, mas elas ficam presas porque estão com medo. Eles não estão “prontos”. Os empreendedores enfrentam medos reais todos os dias e em todas as fases da startup – mas os empreendedores bem-sucedidos agem de qualquer maneira. Se um empreendedor está esperando até que esteja pronto para experimentar, ele nunca tentará. Ter algo pronto realmente é um mito. Ou seja, empreendedores de sucesso empurram seu medo e focam no trabalho.

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store


(Via: Entrepreneur)