10 lições sobre empreendedorismo que só o fracasso ensina

Quase ninguém no universo corporativo ou empreendedor consegue admitir grandes erros, que é o sinônimo de fracasso

Avatar

Por Juliana Américo

3 de agosto de 2015 às 11:05 - Atualizado há 5 anos

SÃO PAULO – O medo de fracassar impede que muitas pessoas deixem de fazer coisas que gostam ou acham que devem ser feitas. Contudo, apesar de estarmos sempre tentando fugir dele, o fracasso pode ensinar muitas lições.

De acordo com o artigo do site Saia do Lugar, quase ninguém no universo corporativo ou empreendedor consegue admitir grandes erros, que é o sinônimo de fracasso. “Os pequenos e costumeiros são tratados até com certo humor. Mas a derrocada, a grande derrapada quase sempre é deixada para debaixo do tapete”.

Garanta sua vaga no Accelerator Day, evento que pode transformar a sua história empreendedora! Confira a programação clicando aqui.

No mundo dos negócios, essa atitude não é diferente. “Pratica-se a grande injustiça de minimizar o valor do fracasso em formar gente forte de verdade, e de ser parte indissolúvel da história real de empreendimentos e carreiras sólidas”.

Confira abaixo 10 lições que apenas o fracasso pode ensinar:

  1. Com o fracasso você aprende de uma vez por todas a lidar com as suas fraquezas e ineficiências. Sim, você não é perfeito;
  2. Uma vez experimentado, podemos farejar com grande chance de acerto a sua aproximação. Quem já caiu sempre fica mais esperto e ágil;
  3. Aprendemos que experiência dos nossos pares, superiores e subalternos sejam eles mais velhos ou mais jovens, e independentemente da geração da qual tenham saído, sempre vale muito, e precisa ser absorvida;
  4. Trabalhar com quem nunca levou um tombo na vida é um grande risco;
  5. Passamos a distinguir prepotência de autoconfiança;
  6. Grande parte da autoconfiança, tão necessária para o sucesso e a tomada de riscos, nasce muitas vezes do enfrentamento do medo, que por sua vez nasce com algumas derrapadas;
  7. Aprendemos a não levar muito a sério as pessoas que não tem medo de nada;
  8. Coragem não é não ter medo, mas reconhece-lo, senti-lo e ainda assim enfrenta-lo de frente;
  9. Podemos nos levantar da maioria dos tombos;
  10. Gente que caiu e depois foi capaz de se levantar vale o dobro, e que não se vivencia o sucesso sem antes fracassarmos de alguma forma.