10 grandes erros que todo novo empreendedor precisa evitar

Avatar

Por Isabella Câmara

17 de Maio de 2018 às 18:08 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Os empreendedores são uma parte vital da economia dos Estados Unidos – eles geram novos empregos e colocam dinheiro de volta na comunidade. Mas nem todos esses empreendedores são bem-sucedidos. Muitos deles encontram diversos problemas durante o primeiro ano de empresa, com problemas de fluxo de caixa ou ofertas desfocadas que mais prejudicam a reputação da empresa do que ajuda ela a crescer.

Erros como esses podem custar ao empreendedor e fazer com que eles desistam da ideia. Para ajudar novos empreendedores e fazer com que eles não cometam esses erros, dez membros do Young Entrepreneur Council compartilham os maiores erros que já cometeram como empreendedores, e como eles foram resolvidos:

1. Não pedir ajuda

Um erro comum é não pedir ajuda quando você precisa. Jennifer Buonantony, da Press Pass, caiu nessa armadilha e encontrou na sua equipe a solução para o seu problema. “Quando você é um empreendedor, seu negócio é seu bebê. Mas você não pode estar em todos os lugares e fazer todas as coisas. Você precisa de uma equipe em que possa confiar e mentores para orientá-lo”, conta.

2. Usar o capital pessoal excessivamente

Quando lançou a Melhor Tyme, Jilea Hemmings não tinha estabelecido um limite na quantidade de capital pessoal que estava disposta a usar. Isso levou a empreendedora a mergulhar em aposentadoria, poupança e fundos para a vida diária. Mas para ela, seu grande erro foi não estabelecer esse limite. “Minha sugestão é definir um limite e cumpri-lo. Ao ver que seu orçamento está diminuindo, é legal levantar capital externo”.

3. Não ter foco

É fácil, como empreendedor, se distrair com as coisas diferentes que alguém poderia estar fazendo ou até mesmo querer abraçar o mundo e criar uma ideia perfeita. Para Ti Zhao, da Kip Health, manter o controle sobre os recursos limitados e focar bem neles é incrivelmente importante para o sucesso de uma startup.

4. Tratar seu negócio como um hobby

Um dos maiores erros que Jacqueline Marrano, da Marrano Solutions, comete como empreendedora foi não tratar seu negócio como negócio, mas sim como um hobby. Vinda de uma família que não tinha um empreendedor, Jacqueline não tinha nenhum contato com ninguém da área antes de começar seu negócio. “Eu não entendia o poder de ser um empreendedor. Ser consistente e focado faz uma enorme diferença”, conta.

5. Dizer “sim” a todas as oportunidades

Michael Cazayoux costumava dizer sim para todas as oportunidades que surgiam em seu caminho, e tinha o hábito de sempre lançar um novo serviço. Isso custou a profundidade e qualidade do seu negócio. “Agora, em vez de tentar fazer um monte de coisas para muitas pessoas, eu pretendo fazer as coisas da mais alta qualidade para pessoas muito específicas”, diz Michael.

6. Não acreditar em si mesmo

Um dos maiores erros que Leanne Beesley cometeu como empreendedor foi não acreditar em si mesma. “Eu estava sempre procurando alguém com mais experiência para me orientar com seu conhecimento e opinião, em vez de confiar em minhas próprias decisões”, conta. Embora seja essencial ter mentores e orientadores, confiar cegamente em outras pessoas ao invés de acreditar em si mesmo acaba limitando o potencial do empreendedor e atrasando o negócio.

7. Não procurar aconselhamento jurídico

“Nos primeiros dias, eu não tinha muito dinheiro e decidi que ficaria bem sem verificar novamente com a parte jurídica”, conta Stephen Brett, da Inmusik. Essa falta de supervisão custou mais tempo de Stephen, bem como energia e dinheiro. “Seria mais fácil contratar alguém para me aconselhar. Embora eu tenha aprendido uma quantidade incrível com o erro, ele diminuiu significativamente as coisas”, diz.

8. Não saber dizer não

“Aprender a dizer não é algo que aprendi muito tarde em minha jornada empreendedora”, conta Dhruvil Sanghvi, da LogiNext. Conselhos de mentores e os próprios erros de Dhruvil ao longo do caminho fizeram o empreendedor perceber a importância de identificar a única coisa que impactaria seu negócio – dizendo não para coisas que não faziam sentido e focando no que era realmente necessário para alcançar o sucesso.

9. Fazer algo que você não ama

Um dos maiores erros de alguém que está começando agora é pensar somente no retorno que isso trará no futuro. Mikhail Kokorich, da Momentus Space, fez exatamente isso. “Meus maiores erros foram causados ​​em lugares que eu realmente não amava. Se você fizer o que você ama, e todos os erros serão a sua educação de vida”, afirma.

10. Tentar conhecer todas as respostas

É impossível saber de tudo ou até mesmo lançar a ideia perfeita quando se está começando uma jornada no empreendedorismo. Giorgina Gottlieb, da Squelch, queria ter todas as respostas sobre o seu negócio e criar uma ideia perfeita, mas descobriu que na prática isso não era possível. “Se eu pudesse voltar e começar de novo, teria me pressionado muito menos para saber todas as respostas e ser perfeito. Pedindo ajuda pode parecer difícil, mas na minha experiência as pessoas realmente gostam de ajudar umas às outras e estão dispostas a fazer isso o tempo”, diz.

Quer receber conteúdos semanais sobre empreendedorismo? Assine nossa newsletter:


(Via: Forbes)