10 atitudes que todo empreendedor inovador possui

Iniciativa, respeito, confiança e autoconhecimento são essenciais para qualquer empreendedor

Avatar

Por Lucas Bicudo

3 de Maio de 2016 às 16:43 - Atualizado há 4 anos

Empreendedorismo anda lado a lado com termos como inovação, solução e pioneirismo. Empreender é se jogar, é pensar fora da caixa e se aventurar por uma via que poucos tem coragem de enfrentar.

E lembrando! O StartSe tem um hangout marcado com Gustavo Caetano, CEO e fundador da SambaTech, e conhecido como o “Mark Zuckerberg brasileiro nos Estados Unidos”. Ele vai falar sobre empreendedorismo e inovação, não perca, é só se registrar clicando aqui.

Aqui vão 10 atitudes que empreendedores inovadores costumam a tomar e que podem ser responsáveis por um final feliz em sua caminhada.

1 – Empreendedores constantemente estão procurando por padrões 

Apofenia: esse é o nome dado à habilidade que certas pessoas têm de achar padrões significativos no meio de informações jogadas. Procurar por padrões e desenhar conexões é um belíssimo jeito de traçar potenciais inovações.

2 – Empreendedores são brilhantemente “preguiçosos”

Bill Gates proferiu: “eu escolho as pessoas mais preguiçosas para fazerem trabalhos difíceis, porque essas pessoas irão achar um jeito mais fácil de fazê-los”. Substitua o “pessoas mais preguiçosas” de Gates por “pessoas que procuram inovação”. Empreendedores sempre irão achar o jeito mais viável de se fazer qualquer missão. A ideia é que trabalhemos de maneira mais inteligente sempre, de um jeito que seja possível otimizar todas as nossas tarefas.

3 – Empreendedores fazem anotações. Muitas anotações, sempre 

A mente do ser humano é capaz de processar apenas pequenas parcelas de informação por vez. É essencial então, para que não haja nenhum tipo de cacofonia, que empreendedores se tornem obsessivos por anotações. Uma grande ideia pode surgir no almoço, no banheiro ou durante o trânsito. Tenha mecanismos o suficiente para gravá-la. Veja Thomas Edison por exemplo, que deixou mais de 3.500 cadernos com suas anotações.

4 – Empreendedores pregam por perfeição, mas praticam progresso 

O perfeccionismo assumiu a carapuça de vilão da turma. Claro que ele pode ser minuciosamente irritante em alguns casos, mas sua ausência abre muito espaço para a mediocridade. Grandes empreendedores irão sempre pregar a perfeição, mas eles vivem mesmo é em função do progresso diário. É um ponto saudável do pêndulo entre um e outro: procurar pelo ideal e botar em prática o real.

5 – Empreendedores formam alianças com seus próprios medos 

A chave para a inovação é reestruturar toda sua relação com seus próprios medos. No lugar de brigar com eles, vista-os como uma adrenalina saudável. Usar desse artifício em seu benefício pode ser uma das melhores coisas que qualquer empreendedor pode fazer.

6 – Empreendedores não esperam pela obsolescência das coisas 

Sabe aquele papo de “por que consertar se não está quebrado”? Pois bem, empreendedores não esperam que as coisas se quebrem para que possam consertá-las. Eles dão um jeito, à principio de tudo, que esse problema nem venha a acontecer. Isso requer uma constante interação e avaliação com o que o empreendedor esteja em contato.

7 – Empreendedores entendem sobre processo criativo 

Preparação, incubação, iluminação e implementação são os quatro estágios mais clássicos pelos quais um processo criativo passa. Um dos momentos mais cruciais, antes do valor final do produto, é definitivamente a sua incubação, isso porque se trata da parte em que seu inconsciente sintetiza todo o amontoado de informações que seu consciente armazenou durante todos os outros estágios do processo. É o momento de clarear a mente, de organizar as ideias e surgir com soluções mais definitivas para o seu empreendimento.

8 – Empreendedores não ficam presos em apenas uma área 

Elon Musk possui a Tesla e a Solar City. Mark Cuban, na frente dos Dallas Mavericks, possui mais empreendimentos do que podemos nomear. Não estamos falando apenas em maximizar a captação de rendas com vários negócios, mas sim em manter-se ativo em diferentes áreas de interesse. Ter mais de um empreendimento também pode te ajudar com a pressão do sucesso, afinal, todas as suas fichas estão delegadas em diversos setores que podem lhe render diferentes frutos.

9 – Empreendedores possuem uma “arrogância” saudável 

A autoconfiança é uma faca de dois gumes: há aqueles que olham com muitos bons olhos e há aqueles que a justificam como arrogância. Empreendedores mais confiantes estão suscetíveis a lidar de melhor maneira com situações extremamente estressantes. Enquanto uns enxergam o risco, essas pessoas enxergam uma oportunidade.

10 – Empreendedores não enxergam o mundo no preto e no branco 

Houve uma época em que os celulares eram feitos apenas para ligações e os aparelhos MP3 apenas para quem quer curtir uma música. Hoje, se faz tudo isso no mesmo lugar e é com isso que afirmamos que empreendedores não enxergam o mundo no preto e no branco. Ao invés de ser proposto “ou um, ou outro”, empreendedores surgem com novidades que podem aliar uma coisa com a outra e fazer disso uma nova coisa.

(via Entrepreneur)