10 atitudes empreendedoras que vão te ajudar a enfrentar a crise

Mesmo que alguns ramos e áreas de startups não sejam tão impactados pela crise, é importante ter uma postura mais defensiva

Avatar

Por Júlia Miozzo

23 de fevereiro de 2016 às 10:04 - Atualizado há 4 anos

Mesmo com um cenário pouco favorável, os empreendedores e empresários continuam confiantes com seus negócios – e a vontade de empreender não deixa de existir. Existem diversos ramos que ainda precisam de inovação e por isso não devem ser tão prejudicados com a crise.

Ainda assim, é preciso que os empreendedores tenham algumas atitudes e posturas que favoreçam seus negócios e os ajudem a superar alguns desafios e obstáculos.

Confira algumas dessas posturas, segundo empreendedores de sucesso:

Mantenha a cabeça no lugar
É importante não surtar ou criar problemas nos primeiros estágios de seu negócio. O sócio-fundador da BigData Corp, Thoran Rodrigues, aconselha que todo empreendedor deve manter o controle. “A verdade é que qualquer negócio, especialmente no começo, demanda muito tempo e muita atenção do empreendedor”, disse.

Tenha resiliência
Tal como manter o controle, é importante conseguir aguentar e superar os desafios dos primeiros estágios que com certeza aparecerão. “O empreendedor tem que ser resistente para que mesmo enfrentando todos os problemas do dia-a-dia consiga focar aonde quer chegar”, explicou Luan Gabellini, sócio-fundador da Betalabs. O executivo ainda completa que, em momentos de crise, isso é essencial para conseguir avançar com o negócio.

Saiba o problema a se resolver
O conselho do empreendedor Albert Deweik, CEO e fundador da NeoAssist, é que é preciso resolver problemas e mudar o mundo ao redor da maneira que for possível, caso contrário, “é muito provável que seu negócio não alcance o que está buscando”.

Evite conflitos por completo
Ao invés de optar por um meio termo para resolver os conflitos de seus negócios, o melhor é encontrar formas de eliminar o conflito por completo. “Por isso, é preciso descobrir e compreender as causas-razis para buscar encontrar soluções que satisfaçam as partes envolvidas”, aconselhou André Wilson Martins de Lima, sócio-fundador da VP Concursos.

Cresça de forma sustentável
Segundo Leandro Marques, sócio-fundador da Tray, empresa da Locaweb, algo fundamental no negócio é o planejamento de fluxo de caixa, o que vai permitir que as questões financeiras sempre estejam equilibradas e em dia.

“Se o negócio necessita de mais investimentos do que os disponíveis, se prepare para buscar um sócio investidor e diminua as expectativas e a velocidade de implementação até que estes investimentos sejam aportados no negócio”, afirmou o executivo.

Faça uma coisa de cada vez
Não tente executar várias tarefas com perfeição de uma só vez. “Execute o que tiver para executar respeitando orçamento. O papel aceita tudo, mas nada é mais importante do que a vivência no campo de batalha. Siga os instintos mais do que o Business Plan”, explicou Wellington Sousa, gerente de marketing da All In.

Reavalie o modelo de negócios
Não deixe de reavaliar o plano de negócios mesmo que ele já esteja em andamento – isso é fundamental para se adaptar às mudanças que acontecem no mercado.

Segundo Eduardo Küpper, cofundador da F(x), é preciso que o empreendedor “monte uma estrutura de negócios Canvas ou outras ferramentas similares. Você não precisa saber quanto dinheiro o negócio vai gerar daqui 5 anos, mas precisa entender o que é necessário para sua ideia parar de pé”.

Modere o otimismo
“Por mais que você acredita na sua empresa, é importante ter pés no chão e racionalidade na condução de seu negócio”, aconselhou Daniel Liebert, sócio-diretor da Stoodi. “O empreendedor deve tomar muito cuidado para que o otimismo não tome conta do planejamento e acabe com o negócio precocemente”, finalizou.

Busque melhorias
“Colete feedbacks, aperfeiçoe seu produto e lance novas versões. Suas chances de sucesso aumentarão exponencialmente”, apontou Vitor Torres, CEO e fundador da startup Contabilizei. O executivo também afirma que é preciso saber o que os consumidores estão achando do produto e por isso eles devem ser ouvidos.

Motive sua equipe
Para Renato Orfaly, country manager do portal Properati, é fundamental manter o ambiente de trabalho energizado para que o negócio seja bem sucedido. “Faça da sua paixão e dedicação pelo negócio o combustível para energizar seu time. E não deixe de compartilhar com eles suas dificuldades e conquistas ao longo da trajetória. O ambiente de trabalho influencia na motivação e união de uma equipe em torno de seus objetivos”, explicou.