Mark Zuckerberg dá grande bronca para funcionários racistas do Facebook

Avatar

Por Lucas Bicudo

26 de fevereiro de 2016 às 14:26 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O cerco está fechando, cada vez mais, para aqueles que ainda insistem em tolerar e fomentar o racismo. E a prova disso é a bronca que Mark Zuckerberg deu em sua equipe do MPK, filial do Facebook em Menlo Park, Califórnia.

O site Gizmodo teve acesso a um comunicado interno do chefão, em que Zuckerberg diz estar “tremendamente desapontado com os funcionários que estão tentando distorcer a mensagem da campanha ‘Black Lives Matter’, ao escrever ‘All Lives Matter’ em suas redes sociais.”

fb-memo

O Facebook é notoriamente um lugar composto por brancos. No ano passado, a companhia contratou apenas 36 negros e 73 latino americanos, contra o expressivo número de 603 caucasianos. No total, apenas 2% da equipe do Facebook é negra, contra 3% de latino americanos e 55% de brancos.

Ainda no memorando, Zuckerberg encoraja todos os seus funcionários a comparecerem em um evento que irá destrinchar toda a filosofia de trabalho da organização Black Lives Matter, a fim de que não haja mais qualquer tipo de tolerância ao racismo.

Agora assista: