7 dicas para se tornar um empreendedor mais confiante

Avatar

Por Júnior Borneli

22 de fevereiro de 2015 às 16:34 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Os empreendedores são pessoas apaixonadas pelo que fazem e mantêm o foco nos seus objetivos. Porém, em alguns momentos – principalmente nos insucessos – a sua confiança pode ficar abalada e é nessa hora que o empreendedor pode colocar tudo a perder.

Acreditar na própria capacidade, independente dos desafios, é a regra de ouro para todo empreendedor. No entanto, se você ainda precisa de uma ajudinha para adquirir confiança para seguir adiante com força total, vale a pena conferir essas 7 recomendações:

A confiança começa pela roupa

Você precisa estar preparado para enfrentar diversas situações no dia a dia e por isso é fundamental saber como é o ambiente em que você estará inserido no caso de uma reunião, um almoço ou até mesmo um café. Chegar de tênis e camiseta para uma reunião com executivos engravatados pode fazer com que sua confiança desabe. Portanto, pesquise antes, tente entender o ambiente em que você estará inserido e capriche no visual para que sua confiança não fique da altura de suas meias.

O corpo fala

A má postura pode passar uma imagem de desleixo aos clientes ou colegas de trabalho. Além disso, expressões corporais incorretas podem indicar que você é inseguro, preguiçoso ou relaxado. Por exemplo, pernas afastadas ou descruzadas mostram atitudes abertas e dominantes, enquanto pernas e braços cruzados revelam o contrário: atitudes fechadas e a inseguras. Há um livro muito que pode ajudar muito nesse quesito, chamado O Corpo Fala, de Pierre Weil e Roland Tompakow. Vale a pena ler.

Preocupação demais, sucesso de menos

Autoconfiança é uma das principais armas dos empreendedores. Pessoas autoconfiantes conseguem enfrentar situações tensas com mais facilidade porque acreditam ser capazes de se dar bem em qualquer ocasião, desde que dominem o assunto. Mas é importante não confundir autoconfiança com prepotência.

Próxima parada: futuro

Às vezes é difícil esquecer os problemas do dia a dia e pensar no que vem pela frente. Mas infelizmente, para empreendedores assim como agricultores, não dá para plantar hoje e colher amanhã. Só consegue uma boa colheita quem tem paciência e enxerga lá na frente. Outra coisa que dá para aprender com os agricultores é que não dá para colher limão de uma laranjeira. Portanto, cuide bem dos seus objetivos nos momentos difíceis para conquista-los plenamente no futuro.

Positivismo já!

Notícias ruins estão ao nosso redor a todo tempo. Para empreendedores e empresários, então, nem se fala. É dólar que subiu, são os juros que estão altos, é a economia que vai mal e um monte de outras coisas. Para combater tudo isso, pense nas coisas boas, ainda que sejam pequenas, e mostre gratidão por cada uma delas. Propague o bem, não replique as notícias ruim. É claro que não dá para ignorar as informações do mercado, mas dá para convertê-las, de alguma forma, em coisas positivas.

Errar é muito humano!

Todo mundo comete erros: para os mais ricos e para os mais pobres, a vida é uma sucessão de erros e são eles que nos impulsionam a cada dia. O negócio é levantar, sacudir a poeira e seguir adiante. Só não vale tropeçar na mesma pedra duas vezes, ok?

Divirta-se!

Aquela história de que pessoas de sucesso trabalham 22 horas por dia passou de uma verdade absoluta de anos atrás para um grande mito contemporâneo. Pessoas bem sucedidas fazem as coisas no seu tempo certo e sabem conciliar trabalho, lazer e família. Trabalhar demais causa exaustão e isso diminui sua autoconfiança, aumenta o stress e limita a criatividade.

Aproveite essas dicas, confie em você mesmo se siga firme rumo ao sucesso!