Xangai divulga plano para se tornar o principal hub mundial de fintechs

João Ortega

Por João Ortega

17 de janeiro de 2020 às 08:21 - Atualizado há 8 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A prefeitura de Xangai, na China, divulgou nesta quarta-feira (15) um plano com duração de cinco anos para tornar a cidade o principal hub para fintechs do mundo. Em estudo revelado em setembro do ano passado, Xangai foi considerada a segunda melhor cidade para tecnologia financeira globalmente, atrás apenas da capital Pequim.

Assine a newsletter Conexão China e receba conteúdo exclusivo semanal sobre a maior potência inovadora do Oriente!

O plano consiste em 25 medidas concretas para fomentar o desenvolvimento de fintechs na cidade. Entre elas, está o comprometimento da prefeitura de Xangai de acelerar 20 startups do setor financeiro e incubar 50 projetos em estágio inicial que envolvam tecnologias para este mercado.

Outras ações envolvem pesquisa e desenvolvimento de áreas como blockchain e 5G, tecnologias cujas aplicações impactam todas as indústrias, inclusive a de fintechs. Além disso, serão criados subsídios e regulações específicas para o setor, promovendo crescimento por meio de redução de taxas.

O plano envolve não apenas reguladores e o poder público. Grandes empresas do mercado, como a Ant Financial, da Alibaba, vão colaborar para o fomento de fintechs com soluções já robustas que têm no portfólio. A Ant Financial, inclusive, vai sediar uma conferência em Xangai em abril que prevê receber mais de 20 mil pessoas para promover e debater as tendências do mercado de fintechs.

Fintech Conference 2020: Conheça o modelo de gestão e as ferramentas digitais das fintechs que estão desbancando os grandes bancos