“Tesla da China” vende mais veículos do que o previsto; ações sobem 8%

A Nio superou sua meta de vendas no último trimestre e o segundo maior investidor da Tesla também investiu na startup chinesa.

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

15 de outubro de 2018 às 13:53 - Atualizado há 1 ano

Se uma das maiores dificuldades da Tesla hoje é de entregar o número de veículos desejado no tempo previsto, sua concorrente chinesa Nio tem cumprido essa meta. A Nio anunciou, nesta segunda-feira, a entrega de 3,268 veículos no último trimestre. A expectativa era de produzir e entregar de 2.900 a 3.000 veículos neste período.

Após o anúncio, suas ações subiram 8%, segundo o Business Insider. O modelo que teve a quantidade de produção superada é um SUV elétrico, com sete lugares – e o primeiro carro da Nio. As entregas começaram em 28 de junho deste ano – desde então, a empresa disponibilizou “mais de 3.350 ES8s”.

“Aumentando nossas entregas de 381 em julho para 1.766 em setembro demostra nossa velocidade de produção, grande demanda dos usuários e a aceitação inicial da NIO como uma marca premium”, disse William Li, fundador e CEO da Nio. A startup foi criada em 2014 e planeja lançar seu segundo veículo no final deste ano – o ES6, um SUV de cinco lugares.

A startup chinesa realizou um IPO na NYSE, bolsa de valores de Nova York, em setembro deste ano. Na declaração em sua oferta inicial de ações, a Nio afirmou ter gerado US$ 6,95 milhões em receita no primeiro semestre de 2018, e que havia 6,201 reservas do seu carro modelo ES8 até o final de agosto.

A Nio tem como acionista o segundo maior investidor da Tesla

Falando na companhia liderada por Elon Musk, a Tesla bateu a meta de entrega de carros apenas recentemente, após um histórico de adiamentos e atrasos. Já na semana passada, um documento revelou que o maior investidor da companhia após Elon Musk também possui participação na Nio. O Baillie Gifford & Co possui cerca de 11% em ações da Nio, um equivalente a 85,3 milhões de ações.

Além de Baillie Gifford, a empresa possui um outro grande investidor em seu portfólio: a Tencent. Em novembro de 2017, a Nio realizou uma rodada de investimentos com valor superior a US$ 1 bilhão, liderada pela gigante chinesa. Com o aporte, a startup foi avaliada em US$ 5 bilhões, segundo a Reuters.