Tencent investe US$ 500 milhões para digitalizar indústria farmacêutica na China

João Ortega

Por João Ortega

14 de outubro de 2019 às 12:53 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Tencent, gigante da tecnologia chinesa, surgiu e cresceu no mercado de games online, mas se tornou mais conhecida mundialmente por causa do WeChat, super aplicativo que reúne mensagens, redes sociais e serviços. A empresa, porém, continua diversificando seu portfólio. Na semana passada, o portal The Information divulgou que a Tencent realizará um investimento de US$ 500 milhões na área farmacêutica do grupo chinês Hillhouse Capital.

Assine a newsletter Conexão China e receba conteúdo exclusivo semanal sobre a maior potência inovadora do Oriente!

Com o aporte, o braço de saúde do Hillhouse Capital atinge um valor de mercado de US$ 2,5 bilhões. Ele é composto principalmente por uma rede de varejo de farmácias na China, cuja receita, em 2018, foi de cerca de US$ 2,8 bilhões. Além do capital investido, a Tencent quer ajudar na digitalização do negócio.

Esta estratégia de diversificar as áreas de investimentos vem desde o ano passado, quando a Tencent decidiu reestruturar-se. “A missão da Tencent é tornar-se um assistente digital para todas as indústrias”, afirmou Martin Lau, presidente da empresa, em setembro de 2018. Neste sentido, a área da saúde surge como uma das prioridades em relação à transformação digital e incorporação nas plataformas virtuais da Tencent.

Analistas acreditam que o mercado de saúde na China irá crescer exponencialmente, devido ao envelhecimento médio da população e aumento na expectativa de vida. A Hillhouse investiu mais de US$ 1 bilhão na compra de 10 mil farmácias espalhadas pelo país e, com o apoio do ecossistema digital da Tencent, a tendência é expandir as vendas para um mercado potencial de um bilhão de usuários do WeChat.