Startup de streaming ao vivo DouYu levanta US$ 775 milhões em IPO nos EUA

João Ortega

Por João Ortega

17 de julho de 2019 às 18:51 - Atualizado há 11 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A plataforma de streaming ao vivo DouYu divulgou nesta quarta-feira (17) os resultados de sua abertura de capital na bolsa de valores norte-americana Nasdaq. A empresa chinesa, que tem a gigante Tencent como investidora, levantou US$ 775 milhões com o IPO.

Fique sempre atualizado sobre o ecossistema de inovação chinês: assine a newsletter Conexão China

Este foi o maior valor levantado por uma empresa da China na bolsa de valores norte-americana em 2019. Antes, o posto era da Luckin Coffee, que conseguiu cerca de US$ 645 milhões. No entanto, era esperada a liderança da DouYu, já que o valor unitário de cada ação foi o mínimo previsto pela startup nos relatórios que precedem a abertura de capital: US$ 11,50.

O serviço, que permite que jogadores de games transmitam suas ações ao vivo para milhões de espectadores, pretendia realizar o IPO em abril. Com o aumento das tensões entre EUA e China no primeiro semestre, o plano da startup foi adiado. Recentemente, porém, um movimento de reaproximação entre as duas potências mundiais está em curso.

A chinesa DouYu tem exclusividade de streaming de 29 grandes competições de e-sports na China. Isto inclui games de sucesso como League of Legends, Player’s Unknown Battlegrounds e Dota 2, com alcance mundial. A empresa fechou o ano de 2018 com um prejuízo de US$ 127 milhões, mas fechou o primeiro trimestre deste ano com um lucro de US$ 2,6 milhões.