Uber vai começar a transportar carga em caminhões já em 2017

Avatar

Por Lucas Bicudo

29 de setembro de 2016 às 09:44 - Atualizado há 4 anos

Logo Summit 2021 O evento que irá definir o ponto de partida para você construir sua estratégia vencedora para 2021

100% online e gratuito

De 23 a 25 de Fevereiro, das 17hs às 20hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Uber adquiriu a startup de caminhões autônomos Otto por US$ 680 milhões este ano e planeja coloca-la para funcionar já no ano que vem – entrando de vez no setor de transporte de carga. Quem revelou os planos foi o próprio co-fundador da Otto Lior Ron, que disse à Reuters que a startup irá entrar no transporte de cargas de longas distâncias já em 2017.

Para recapitular, a solução permite adaptar caminhões já existentes com tecnologia de piloto automático para as estradas norte-americanas. Não automatiza totalmente o veículo, já que condutores ainda são necessários para trocarem de rotas, mas permite que caminhoneiros descansem mais e façam entregas mais rápidas no futuro.

A tecnologia ainda está em desenvolvimento, mas com os consideráveis recursos da Uber agora sendo aplicados, Lior e seu time já começam a ter prospectos de saírem do campo das ideias e marcharem nas estradas, para automatizar parcialmente a atividade e aumentar a sua eficiência.

“Na Uber, você clica em um botão e um veículo aparece dentro de três minutos”, diz Ron à Reuters. “Em frete, o padrão de ouro é que demore cinco horas desde a ligação até achar seu caminhão. Isso é o quanto a indústria é eficiente hoje em dia”, ironiza o empreendedor.

A Uber está diversificando suas atividades para além de seu core business, que é o transporte. Hoje mesmo foi anunciado que a companhia está expandindo seu serviço de entrega de alimentos UberEats em mais 22 países da África, Europa e Oriente Médio. Experts da Reuters dizem, entretanto, para terem cautela com o desenvolvimento do serviço de frete. A companhia ainda planeja duplicar sua frota de caminhões antes de fazer qualquer movimento.

(via TechCrunch)

[php snippet=5]
E não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!