Uber está compartilhando seus dados de graça para melhorar as cidades

Da Redação

Por Da Redação

9 de janeiro de 2017 às 09:50 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Uma notícia excelente: a Uber está dando de graça os seus dados para melhorar a vida das pessoas em grandes cidades. A empresa abriu tudo através do site Movement, que oferece os dados de tráfego da startup para o poder público poder montar cidades mais espertas.

É simples: a Uber produz uma tonelada de dados sobre o tráfego nas cidades e os planejadores podem usar esses dados (completamente anônimos) para realizar o planejamento para uma melhor urbanização. A ideia é melhorar o transporte nas grandes cidades, fazendo a rede de carros mais eficiente.

O site não está aberto ao grande público ainda, apenas para as organizações que aplicarem. Contudo, ao ser aberto para o público, abrirá uma infinidade de possibilidades de desenvolvimento de novas ideias e tecnologias, principalmente no promissor campo de IoT (Internet of Things, a Internet das Coisas). Para aproveitar esta oportunidade, o StartSe promove cursos como o Startup de A à Z e o Accelerator Day, em São Paulo.

Com esses dados, vai ser muito melhor planejar um novo viaduto, saber qual a velocidade média de uma via e o que funciona ou não. Isso vai se tornar padrão quando a internet das coisas se popularizar: dados inundarão nossa vida e tornarão cada pequeno aspecto da nossa vida melhor.

Contudo, algumas pessoas podem se sentir incomodadas com esse compartilhamento de dados – aqueles mais preocupados com a sua “privacidade”. Por isso, tudo é altamente agregado e transformado em dado anônimo. Desta forma, o poder público não saberá quem é que está fazendo corridas, ultrapassando o limite de velocidade, ou realizando outras infrações no código de trânsito.

É uma belíssima iniciativa que mais empresas deveriam tomar. A Tesla já havia feito similar ao abrir todas suas patentes com o intuito de popularizar o carro elétrico para um mundo melhor. E é um mundo melhor que (espero) tenhamos no final.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]