Perdoe o sensacionalismo: Google fez o lançamento que vai mudar sua vida

Da Redação

Por Da Redação

19 de dezembro de 2016 às 14:57 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Vou começar essa matéria pedindo desculpas pelo sensacionalismo do título. Eu preciso, mas poucos assuntos são tão revolucionários e me deixam tão empolgados para escrever quanto a Internet das Coisas.

Afinal, a Internet das Coisas é um mercado que, nas previsões mais conservadoras, vai movimentar um valor de R$ 7 trilhões. Em previsões consideradas ainda conservadoras, R$ 12 trilhões até 2020. Uma nova economia americana surgindo no mundo até 2020. É absurdo de grande.

E o Google aparentemente também dispõe do mesmo entusiasmo que eu. Como toda tecnologia iniciante, a Internet das Coisas necessita de uma série de padronizações. E foi isso que lançaram na semana passada: o Android Things, a nova plataforma IoT, com diversas APIs para serem usadas.

Esse é o Android para IoT, com ferramentas para construir software e hardware inteligente para o setor. Essa é a resposta para o HomeKit, da Apple, que também é uma iniciativa neste sentido. E é uma evolução do Brillo, uma iniciativa do Google anterior neste mundo.

O Google fez grandes parcerias com fabricantes de hardware, como Intel Edison, NXP Pico e Raspberry Pi 3. E montou um belo sistema operacional para fazer todos esses equipamentos conversarem em segurança entre si e com a assistente do Google.

É importante notar que o Google já teve outras tentativas neste mercado, como o Android@Home de 2011, que fracassaram. Só que, desta vez, a companhia está focando toda a sua energia em um padrão apenas.

Seja como for, fica evidente que a Internet das Coisas é uma das tecnologias mais queridinhas para o futuro próximo. Debatemos ela como uma das principais no Conexão Vale do Silício, nosso programa de tecnologia, inovação e empreendedorismo quinzenal aqui no StartSe. Confira!

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]