Investimento em startups deve fazer com que Microsoft alcance US$ 1 trilhão

Da Redação

Por Da Redação

28 de dezembro de 2016 às 11:49 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Valer US$ 1 trilhão é o novo objetivo das empresas de tecnologia. E tem gente que aposta que a Microsoft pode ser a primeira a alcançar este feito, acreditando que uma nova tendência de investimentos em startups deverá beneficiar a companhia.

O motivo disto é a aquisição do LinkedIn pela Microsoft, acredita o analista de mercado Michael Markowski. Na avaliação dele, a Microsoft poderá fazer do LinkedIn a maior plataforma de crowdfunding do mundo.

Ele acredita que os millenials formam uma geração que adora fazer micro-investimentos que funcionam mais como “bilhetes de loteria”. O LinkedIn permitiria que esses millenials fizessem milhares de apostas em diversas companhias, ganhando muito dinheiro em algumas, perdendo pouco em muitas.

Essa, acredita ele, é a “tendência de como os investimentos deverão funcionar no século XXI”. A Microsoft se beneficiaria disso por conta do LinkedIn, que é a única rede social profissional do mundo e pode ser adaptada para se tornar uma plataforma de crowdfunding mais completa que as soluções que já existem.

Além disso, a Microsoft está cada vez mais forte em outros mercados, como nuvem (com a Azure) e tablets (com o Surface). Atualmente, a Microsoft vale US$ 490 bilhões, significantemente mais do que outras duas candidatas ao posto de empresa do trilhão, Amazon (US$ 360 bilhões) e Facebook (US$ 340 bilhões). Contudo, continua valendo menos do que Apple (US$ 625 bilhões) e Alphabet (US$ 550 bilhões).

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]