Conheça a Halo Neuroscience, startup que promete treinar o seu cérebro com um headset

Avatar

Por Isabela Borrelli

7 de outubro de 2017 às 12:17 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Daniel Chao, empreendedor com experiência no ramo de neurociência, subiu ao palco do Silicon Valley Conference e começou falando da Neuropace, o primeiro sistema closed-loop de neuroestimulação, do qual também foi fundador. Por meio de uma operação cerebral, um pequeno dispositivo era colocado no cérebro e, por meio dele, impulsos elétricos faziam com que convulsões ou tremores fossem controlados.

Apesar de cumprir com seu papel de melhorar e até acabar com convulsões, Chao confessou que ainda queria achar uma forma menos invasiva de resolver esse problema. Foi quando, por meio de muita pesquisa e testes com atletas profissionais, escolhidos por terem o melhor desempenho físico de todos, que ele chegou à Halo Neuroscience.

Atualmente, a startup tem um produto principal: um headset que envia impulsos cerebrais e aumenta a capacidade do cérebro de aprender novas habilidades. Isso acontece, porque por meio desse incentivo, o cérebro aumenta a velocidade de criar novos caminhos neurais que fazem conexões entre o cérebro e o corpo.

Não só isso possibilita um aprendizado mais rápido, como também melhora o desempenho, o que foi identificado no caso dos atletas. Segundo testes realizados com atletas olímpicos de ski e snowboard dos EUA com o headset Halo Sport, os impulsos chegaram a demonstrar uma melhora de desempenho de 1.7 vezes.

Apesar de ter lançado o headset somente em fevereiro, a Halo Neuroscience promete crescer cada vez mais, uma vez que o mercado de neurociência é consideravelmente grande: segundo Chao, ele movimenta US$ 5 bilhões de vendas por ano mundialmente.

Se você tem interesse em conhecer mais disrupções, conheça a Learning Experience, um programa de uma semana na região do Vale do Silício para impactar e transformar quem vai. Conheça-a aqui.