Google paga US$ 3 bilhões à Apple para ser o mecanismo de pesquisa do iPhone

Avatar

Por Lucas Bicudo

14 de agosto de 2017 às 16:42 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O Google paga uma quantidade substancial de dinheiro à Apple para continuar como mecanismo de busca padrão em iPhones e iPads. Segundo o analista da Bernstein, Toni Sacconaghi, as cifras chegam em US$ 3 bilhões por ano. Com base nessa estimativa, o Google representa 5% do lucro operacional total da Apple e até 25% do crescimento total desse lucro nos últimos anos.

O único número divulgado realmente é bilhão que o Google pagou à Apple em 2014. Identificado em documentos judiciais, foi derivado como uma porcentagem da receita gerada pelo Google através de usuários de iPhone e iPad.

O foco dos investidores da Apple é na linha de serviços, que pode acrescer até 13% da receita total da companhia este ano. Quando os executivos falam sobre serviços, eles falam sobre a taxa que a empresa cobra do software vendido na App Store, ou o dinheiro que eles fazem através de inscrições como no Apple Music. Mas a Bernstein descobriu que a receita de licenciamento, como a que o Google paga a Apple, é realmente o maior ou o segundo maior contribuinte para o crescimento dos serviços.

Não deixe de conferir: Montamos o e-book: “Conheça o Vale do Silício“, para te ajudar a entender como as coisas funcionam em um dos maiores centros de inovação do mundo.

Basicamente, isso significa que a análise começou com o pagamento de US$ 1 bilhão em 2014 e depois com o crescimento do Google ou da Apple nos itens de linha relevantes nos três anos desde então. Bernstein ressalta que qualquer dinheiro que o Google pague à Apple é provavelmente todo de lucro – um ótimo negócio para a Apple e um forte sinal da importância do iPhone.

Ao menos que o Google altere o negócio, a Apple está configurada para colecionar cheques maiores e maiores a cada ano, pois não para de ganhar usuários.

(via Business Insider)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]