Facebook ataca iFood com uma nova forma de vender comida pela internet

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

16 de outubro de 2017 às 10:19 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Facebook informou nesta sexta-feira, dia 13, que lançará mais uma funcionalidade no aplicativo: a de pedir comida delivery. Agora, além do cliente consultar as avaliações dos restaurantes pelo aplicativo, eles escolhem e fazem o pedido sem migrar para outras plataformas.

O Facebook não entregará as refeições, mas servirá como intermediadora entre restaurantes e serviços de delivery (tal como iFood, Delivery.com, DoorDash, entre outros). A ferramenta poderá ser encontrada no menu “Explorar”, através do “Order Food”. Para fazer o pedido, é necessário ter uma conta no Delivery.com (se não tiver, poderá criar sem sair do aplicativo do Facebook). Nos restaurantes que oferecem a opção, existe ainda a possibilidade de retirar a refeição no local – o “take out”. A rede social não cobra nenhuma taxa pelo serviço.

O Facebook também fez parceria com alguns restaurantes, tais como TGI Friday’s, Denny’s e Jack in The Box. Por enquanto, o serviço só está disponível nos Estados Unidos e vem sido testado desde o ano passado. Ainda não há previsão para a expansão do serviço no mundo, mas espera-se.

O objetivo é que os consumidores façam o maior número de tarefas possível no aplicativo – inclusive pedir comida. O movimento vêm acontecendo há algum tempo, quando a plataforma implantou a leitura de notícias no próprio aplicativo, jogos no Messenger, entre outros. O serviço está disponível para iOS, Android e desktop.

A parceria entre a rede social, serviços de delivery e restaurantes aumenta a venda de comida e o tráfego dos consumidores no aplicativo no Facebook. Os consumidores ganham com a praticidade sem lidar com taxas adicionais, e os serviços de delivery que entrarem na parceria ganham uma gama maior de clientes.

Essa novidade é um exemplo de como o varejo está sendo transformado a partir de novas tecnologias. Para saber mais sobre, participe da Retailtech Conference realizada pela StartSe. Confira.

(Via TechCrunch)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha em patrocinar os eventos da Startse, entre em contato no patrocinio@startse.com.

[php snippet=5]