Estamos em tempos mágicos para simplesmente viver e empreender

Tanta inovação e uma gama gigantesca de oportunidades se abrindo no Vale do Silício – quem discursa é Michael Moe

Avatar

Por Lucas Bicudo

25 de novembro de 2016 às 11:03 - Atualizado há 3 anos

Se você é um empreendedor ou um investidor procurando a próxima grande sacada no mundo da tecnologia, é um momento completamente emocionante para se estar no Vale do Silício. Tanta inovação e uma gama gigantesca de oportunidades se abrindo.

Michael Moe já viu esse filme, estabelecendo um banco de investimentos voltado para o crescimento, o ThinkEquity Partners, de sua equipe na Merrill Lynch, antes de iniciar o Global Silicon Valley (GSV), criado para criar e desenvolver as estrelas do futuro – e que já tratamos aqui dentro.

Ele é uma autoridade nas técnicas de pesquisa e investimento – escreveu o best-seller “Finding the Next Starbucks”. Em uma entrevista com a Real Vision TV, Moe delineou as novas tecnologias que o tem deixado com uma pulga atrás da orelha, dando algumas dicas sobre a filosofia de investimento que o tornou tão bem-sucedido.

“É um momento emocionante apenas para viver, ser um empreendedor, um investidor. Você vê este tipo de explosão de incubadoras e aceleradores, que GSV Labs faz parte. É porque as pessoas estão aproveitando essa sede de criar coisas e esta oportunidade de construir seu próprio futuro – e isso é realmente emocionante. São tempos realmente emocionantes”, diz.

Escolhendo os vencedores e assumindo riscos

Há cerca de 170 startups na GSV Labs no momento, com tantas ideias interessantes, mas mesmo com os valuations tão altos, a visão do mercado é que você precisa aceitar que enquanto alguns vão ter sucesso, outros vão fracassar. Essa não é a maneira como Moe vê o cenário, embora seja um dado que quanto mais cedo você investe, mais volatilidade você pode esperar em seus retornos de investimento.

“Isso é apenas uma realidade que você tem que se sentir confortável. Mas eu também acredito que, através de pesquisa, você não pode eliminar, mas reduzir muito do risco que você está tomando quando você está investindo em um negócio jovem. E eu acho que em termos de avaliação, é claro, está nos olhos do espectador”, disse ele, acrescentando que todos os investimentos que fazem são subscritos com uma expectativa de 30% a 50% de taxa interna de retorno mínima – algo que ensinamos a calcular no Invest Class.

Investir no começo do Facebook, enquanto ainda era uma companhia privada, acabou sendo um ótimo negócio para GSV, que produziu muito mais do que o mínimo projetado para a taxa interna de retorno. Como Moe diz, às vezes as melhores ideias são as mais intuitivas, sem complicar as coisas demais. Você tinha que não prestar atenção ao que estava acontecendo no mundo para não ver as perspectivas das redes sociais.

“Bem, o que mudou nos últimos 20 anos, é que hoje são 3,1 bilhões de pessoas na internet, 2,6 bilhões de smartphones e uma economia de aplicativos. Assim, um empresário pode ir de uma mera ideia para alcançar milhões e dezenas de milhões de pessoas em uma velocidade de tirar o fôlego”, complementa.

(via Business Insider)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]