Escola de ensino médio investe US$ 15 mil no Snapchat e lucra US$ 40 milhões

Da Redação

Por Da Redação

6 de março de 2017 às 12:29 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Uma escola de ensino médio católica ganhou uma grande bolada com um investimento em uma startup. Cinco anos atrás, a escola havia investido US$ 15 mil no Snapchat, recebendo – agora na abertura de capital – US$ 24 milhões.

E ainda possuem US$ 16 milhões em ações que ainda não foram vendidas – de acordo com o preço da sexta-feira -, levando o lucro total da operação para cerca de US$ 40 milhões. É um retorno sobre o investimento de 266.567% em apenas cinco anos. A escola, a St Francis High School, fica localizado em Mountain View – no Vale do Silício.

Isso só foi possível por conta de Barry Eggers, um sócio em uma empresa famosa de venture capital do Vale (a Lightspeed Venture), que tinha um filho na escola. Percebendo que o aplicativo era altamente popular no ambiente, ele viu a oportunidade para investir, conversando com o conselho da escola. Que concordou com o investimento.

Poucas escolas fazem isso, mesmo nos Estados Unidos ou no Vale do Silício. Geralmente o investimento é feito em fundos de pensão (como o Ontario’s Teachers Fund, famoso no Brasil por perder uma bolada com o Eike). “Eu acho que todo mundo entende que isso é transformacional para nossa escola”, destacou Simon Chiu em uma entrevista.

Ele entende que isso só foi possível por estar no lugar certo na hora certa. “Nossos alunos entendem que é muito interessante viver no Vale do Silício. É difícil imaginar isso acontecendo em outro lugar. Se você trabalha dura e faz as coisas certas, a sorte te encontra”, fala Chiu.

Adoramos o Vale do Silício e a mentalidade dele. Para ajudar os brasileiros a absorverem essa mentalidade, temos duas iniciativas: o Silicon Valley Learning Experience, que leva brasileiros ao Vale para absorver o que lá tem de melhor. E o Silicon Valley Conference, o maior evento sobre o Vale já feito no Brasil.

Além disso, muitas vezes o possível investidor na sua startup não entende muito deste meio – são pessoas comuns, instituições interessadas a entrar neste mundo novo que está se desenhando. Para ajudar empreendedores neste processo, criamos o Invest Class, um evento exclusivo que te ensina tudo sobre investimentos e ainda lhe dá a oportunidade de apresentar sua empresa para um seleto e bom grupo de investidores. Não perca.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]